SBT

O Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) é uma rede de televisão brasileira formada por emissoras pertencentes ao empresário e apresentador Silvio Santos. Antes era chamada de TV Studios (TVS) e em 18 de agosto de 1981 a TVS era uma das afiliadas do Sistema Brasileiro de Televisão, e a marca SBT só foi usada anos depois.

[editar] História

[editar] Nasce a TVS

Desde os anos 60 produzindo seu programa dominical de forma independente, rapidamente Silvio Santos montou uma estrutura de produção capaz de suprir uma emissora de televisão inteira, motivo pelo qual passou a perseguir obstinadamente seu sonho de uma emissora própria.

Em maio de 1976 finalmente Sílvio Santos inaugurou a TV Studios (TVS) do Rio de Janeiro. Ele recebeu a concessão do canal 11 carioca graças à influência de alguns de seus companheiros junto ao governo federal da época, em especial o humorista Manuel da Nóbrega. A principal atração da nova emissora era o Programa Silvio Santos, exibido aos domingos aproximadamente das 11h às 20h (a extensão real do programa variou muito no período) simultaneamente com a TV Tupi.

[editar] O início da rede

Em 1980, com o fechamento da Rede Tupi, Silvio consegue a concessão de quatro canais, dos quais três pertenciam à Tupi: o canal 4 de São Paulo (ex-TV Tupi), o canal 5 de Porto Alegre (ex-TV Piratini) e o canal 5 de Belém (ex-TV Marajoara).

O canal 9 do Rio de Janeiro, que fazia parte do pacote com os quatro canais, pertencia à TV Continental e entrou no ar em 1982 como filial carioca da TV Record (em 1987 o canal foi renomeado sucessivamente TV Copacabana e TV Corcovado). Reunindo os antigos canais da Tupi e o canal 11 do Rio, Silvio forma em 19 de agosto de 1981 o Sistema Brasileiro de Televisão (SBT). A marca SBT, porém, só seria amplamente divulgada anos mais tarde. A praça de São Paulo passa a ser a sede e a fonte geradora da programação da nova rede.

[editar] “Primeiros Passos”

O SBT dos primeiros tempos aproveitou muitos artistas e programas da Tupi, tanto para cumprir acordos trabalhistas com os antigos funcionários da rede falida quanto pela necessidade de iniciar suas operações já com um conjunto de programas estruturado.

Com atrações popularescas, especialmente os programas de auditório comandados por Gugu Liberato, Raul Gil, Moacyr Franco, J. Silvestre, Flávio Cavalcanti e pelo próprio Silvio Santos, o SBT cai no gosto do telespectador de renda mais baixa. Na linha infantil, o grande sucesso é o programa do palhaço Bozo. Nessa época começou a exibição de telenovelas, tanto sucessos mexicanos (começando com Os Ricos Também Choram em 1982) quanto produções próprias que seguiam uma linha semelhante. Em 1986, o SBT cobriu a sua primeira Copa do Mundo. Em 1988 cobriu os Jogos Olímipicos.

Ao longo da década de 1980 a emissora consolidou sua posição de segundo lugar na preferência do telespectador nacional (exceto no Rio de Janeiro, onde a posição era ocupada pela Rede Manchete). Animado com os resultados, o SBT lança o slogan “Líder absoluto da vice-liderança”. Em 1984 estreiam as séries mexicanas Chaves e Chapolin, que transformaram-se nos maiores sucessos de audiência da história do SBT. Em 1985 vai ao ar a minissérie australiana Pássaros Feridos, que consegue a liderança de audiência em seu horário, graças à estratégia do SBT de começar a exibição da minissérie quando a novela da Rede Globo Roque Santeiro terminava, o que era ostensivamente anunciado por Sílvio Santos em seu programa. A minissérie foi reapresentada várias outras vezes (para os críticos, teria se tornado um “curinga” de programação na mão de Silvio Santos), mas sem o sucesso inicial.

[editar] Grandes reformas

Em 1987 houve uma reformulação na emissora e o nome TVS gradualmente deixa de ser utilizado, dando lugar à marca SBT. A emissora, que desde sua criação alcançava o segundo lugar em audiência, detecta a necessidade de se alavancar economicamente. Tinha boa audiência mas poucos anunciantes, desinteressados com a programação do canal, voltada para as classes mais baixas. A emissora passou a sofisticar sua programação e rejeitar publicamente o título de “brega“.

Em 1988 Silvio intensificou a reformulação e passou a ser mais agressivo na rivalidade com a Rede Globo, contratando artistas, lançando novos programas e criando horários próprios para grandes filmes. Silvio Santos contrata Jô Soares, comediante da Globo, e o lança em dois programas: o humorístico Veja o Gordo (que seguia o formato do Viva o Gordo) e o talk-show Jô Soares Onze e Meia. A possibilidade de realizar um programa de entrevistas seduziu Jô a trocar de emissora.

Ainda no projeto de requalificação o SBT contrata Boris Casoy e lança um jornal opinativo, o TJ Brasil, disseminando o conceito de “âncora” no telejornalismo brasileiro. Silvio Santos traz ainda Carlos Alberto de Nóbrega, que depois de breve período na Rede Bandeirantes comandando um programa nos moldes da Praça da Alegria, o Praça Brasil, relança a atração no SBT com o nome A Praça É Nossa.

Em agosto de 1987, Gugu Liberato assinou contrato com a Globo. Silvio Santos, preocupado com seu futuro como apresentador, no sábado de carnaval de 1988, cobriu a oferta da concorrente e renovou o contrato do animador do Viva a Noite com o SBT. Com essa manobra, na prática, Silvio Santos “coroou” Gugu como seu sucessor no programa de domingo (o Programa Silvio Santos seguia como carro-chefe da emissora e vitrine número 1 dos produtos do Grupo Silvio Santos, notadamente o Baú da Felicidade), o que veio a se confirmar gradualmente nos anos seguintes.

 Anos 90

Nos anos 90 a emissora teve um crescimento marcante, chegando a lançar o slogan “SBT, na nossa frente só você”. O SBT transferiu suas operações, que até então se dividiam entre o auditório no bairro do Carandiru e os estúdios da Vila Guilherme, para o CDT Anhangüera, também conhecido como “Complexo Anhangüera” dada sua localização na Rodovia Anhangüera, que custou em torno de 120 milhões de dólares.

 19901993

Em 1990 cobriu a Copa do Mundo de 1990 na Itália. Foi nessa Copa do Mundo que a emissora desenvolveu seu mascote na transmissão. Se tratava do “Amarelinho”. Ele vibrava quando o Brasil, marcava os gols. Em 1991 o SBT lança o telejornal “Aqui Agora“. Serginho Groismann é trazido da TV Cultura, na qual comandava o Matéria Prima, e cria o Programa Livreesse ano também marca a estréia de Eliana na emissora comandando os infantis ´´Festolândia e ´´Sessão Desenho´´ . Em 1992, o SBT transmitiu as Olimpíadas de Barcelona. No mesmo ano exibiu ao vivo o impeachment do então ex-presidente Fernando Collor. O Domingo Legal, apresentado por Gugu Liberato, planejado em 1992, foi levado ao ar pela primeira vez em 17 de janeiro de 1993 com um formato baseado no bem-sucedido Viva a Noite dos anos 80, ganhou cada vez mais espaço como atração do Programa Silvio Santos na medida em que o SBT precisava combater o Domingão do Faustão da Rede Globo. Apesar das freqüentes acusações de sensacionalismo a ambos os programas, a guerra dos auditórios fez bem ao Domingo Legal, que encerrou a década com picos de 40 pontos de audiência[1]. Em 1993 exibe as Eliminatórias da Copa do Mundo de 1994. No mesmo ano Angélica assina com a emissora após uma grande transação , onde ela deixa a Manchete e recusa proposta da Globo o , passando a comandar os programas ´´Passa ou Repassa´´, ´´Tv Animal´´ e ´´Casa da Angélica´´, se tornando a maior audiência da emissora. Eliana estréia o ´´Bom dia e Cia´´ programa infantil com uma linguagem um pouco mais educativa.

 19941996

Em 1994 o SBT cobriu o tetracampeonato mundial da seleção brasileira que ocorreu nos Estados Unidos.Naquele no Mara Maravilha deixa a emissora segundo rumores d época com ciúme do crecsimento de Angélica que reinava nas tardes da emissora, com isso Eliana assumiria toda a manhã do SBT. Em 1996, no mesmo país, a emissora cobriu as Olimpiadas de Atlanta. e Angélica se transfere para a Rede Globo, Eliana se torna a principal estrela infantil da emissora. Na produção de telenovelas, a partir de 1994 o SBT investiu em remakes de antigas produções de outras emissoras, como Éramos Seis, As Pupilas do Senhor Reitor, Sangue do Meu Sangue e Os Ossos do Barão, além de textos próprios como em Razão de Viver e Fascinação. Também aderiu ao esquema de co-produção em Dona Anja, Colégio Brasil e Antônio Alves, Taxista e produziu novelas adaptadas de textos mexicanas como O Direito de Nascer e Pérola Negra. As produções originais mexicanas chegaram ao seu auge na época. Maria Mercedes, Marimar, Maria do Bairro, A Usurpadora e Carrossel foram grandes sucessos. A protagonista de Carrossel, em visita ao Brasil, foi recebida em Brasília, onde, por convite do então presidente Fernando Collor, subiu a rampa do Palácio do Planalto e foi aclamada por uma multidão. A emissora tambem cobriu as Copas do Brasil de 1995 , 1996 e 1997. A emissora em 1995 começou a cobrir a Fórmula Indy, que depois da cisão entre a Champ Car e IRL, foi obrigada a chamar a categoria (O nome na época era CART) de Fórmula Mundial.

19971999

Em 1997, Chiquititas (20h, que foi transferido para 19h) e Disney Cruj (18h) davam algumas vezes a liderança ao SBT. A cantora mexicana Thalía veio diversas vezes ao Brasil, participando em diversos programas do SBT. O dia 19 de Outubro pode ser considerado o marco inicial da virada da emissora, quando, pela primeira vez o programa Domingo Legal vence o Domingão do Faustão, sendo ambos exibidos no mesmo horário. No final do mesmo ano, o SBT lança o programa Fantasia, apresentado inicialmente por Jackeline Petkovic, Adriana Colin, Débora Rodrigues e Valéria Balbi, e os sitcoms Os Simpsons e Uma Família da Pesada são estreados depois das 10 da noite, pouco a pouco o SBT fica frente a frente da Rede Globo. Uma Família da Pesada tinha uma boa audiência, sendo exibido até 2000. Por certo período a partir de 1999, a sitcom Ô Coitado também teve presença importante até 2000, retirado do ar por falta de audiência. Em uma negociação milionária, o apresentador Carlos Massa, o Ratinho trocou a Record pelo SBT em 1998, mantendo o estilo mundo cão que o tornara célebre. O Programa do Ratinho se tornou uma espécie de fenômeno pop do fim dos anos 90. O SBT cobriu a sua última Copa do Mundo realizado na França. em 98, Eliana deixa a emissora e Sílvio Santos inventa uma nova apresentadora infantil: Jaqueline Petkovik no comando do ´´Bom dia e Cia´´ Em 1999, o Programa do Ratinho concorreu de forma bem sucedida com a novela das oito da Rede Globo, Suave Veneno, de Aguinaldo Silva, sendo assim a novela possui o título de pior audiência do horário das oito. Ainda nesse ano, no final do mês de dezembro, Jô Soares apresentava pela última vez o talk-show, Jô Soares Onze e Meia.

 Anos 2000

A partir de abril, o SBT exibe o grande pacote de filmes inéditos nas sessões Cine Espetacular (terça-feira) e Tela de Sucessos (sexta-feira) e de grandes produções, graças as parcerias com a Disney, Warner Brothers, MGM e Televisa. O mesmo voltou a ocorrer em 2001 e 2002. Nesses dois anos, os filmes inéditos fizeram que o SBT ter auge de audiência nesses horários. Neste ano a emissora recebeu a superstar internacional Thalía. A partir de 2003 teve início a reprise dos filmes exibidos nos anos anteriores, embora exibisse alguns inéditos em 2003 e 2004.

O declínio de audiência ocorre a partir de setembro de 2000, quando as produções Chiquititas e Disney Club encerram suas gravações, sendo encerradas as exibições só em janeiro de 2001. Neste ano o programa Chapolin sai do ar pela primeira vez.

2001

No dia 19 de janeiro, o SBT encerra a exibição de Disney Club e Chiquititas, programas que vinham sendo exibidos desde 1997. Ambos foram substituídos no horário pela reprise da novela Éramos Seis e outros programas em 22 de janeiro. A novela Éramos Seis havia sido exibida originalmente em 1994. Depois dela, várias novelas mexicanas e séries americanas ocuparam este horário. No dia 14 de abril, em seu quarto ano de exibição, o Disney Club voltou em novo horário e nova denominação (Disney CRUJ). Em originais e reprises, o programa continuou sendo exibido até 12 de outubro de 2003.

Durante o mês de setembro, a emissora foi criticada pela opinião pública por ter sido a única entre as principais redes de TV do país (Globo, Record, SBT, Band, RedeTV!, TVE Brasil e CNT) a não transmitir ao vivo os ataques terroristas de 11 de setembro contra as cidades de Nova York e Washington, episódio de repecussão internacional. Até hoje Sílvio Santos não explica por que ignorou esse evento de maior repecussão histórica desde a queda do Muro de Berlim (1989), o fim dos regimes comunistas e da União Soviética (1991). A emissora preferiu exibir o clássico desenho americano Pica-Pau e a exibição de sua programação rotineira. A emissora também recebeu críticas pela cobertura tímida que deu à guerra EUA X Afeganistão governado pelo Taliban (chegou a ignorar notícia da guerra por alguns dias em novembro).

Em outubro de 2001 estréia o reality-show Casa dos Artistas, com apresentação de Silvio Santos e grande polêmica pela suspeita de plágio de um modelo existente da Endemol (só a Rede Globo, que poucos meses depois exibiria o concorrente Big Brother Brasil, tinha contrato com a Endemol). A Justiça do Estado de São Paulo deu ganho de causa ao SBT. Contudo, a Rede Globo recorreu. Nas noites de domingo de novembro e dezembro, enquanto era exibida a Casa dos Artistas, o SBT conquista pela primeira vez o primeiro lugar em audiência naquele horário. O sucesso do programa culminou na final, quando enfim o Fantástico perdeu a liderança no Ibope que mantinha há 28 anos[2].

Também é exibida na sessão Tarde de Amor a novela Camila, que alcançou 21 pontos no Ibope, sendo a novela com maior audiência da sessão[3]. No mesmo ano foram exibidos a novela Rosalinda e o programa Popstars, que selecionou cinco garotas para o grupo Rouge. Mesmo com a saída de Luciana em 2004, permaneceram em voga na mídia. No ano seguinte foi a vez do grupo de cinco garotos do Br’oz. Lançaram CD em novembro, anunciando seu fim em maio de 2005, devido a falta de entrosamento e pouca aceitação do CD. Mesmo assim, os dois grupos obtiveram popularidade no mercado fonográfico.

 2002

Entre janeiro e março de 2002 foi exibido Casa dos Artistas 2, rivalizando com a estréia do BBB e também com o Fantástico. Na Casa dos Artistas 3, em 2003, com um diferente formato, cada participante trazia um fã, o que mais tarde levantou questionamentos de fraude. A exibição de Casa dos Artistas 4 (2004) teve baixa aceitação.

Entre 2000 a 2002 o Domingo Legal se consolida na liderança da audiência, ganhando do Domingão do Faustão de 21 a 19 pontos no Ibope. Porém, no mesmo ano o programa inicia uma queda na audiência culminaria na liderança do Domingão do Faustão a longo prazo[4]. O SBT também comprou o Clube do Chaves, que saiu do ar no mesmo ano por falta de audiência. As causas são atribuídas aos fatos de Quico e Seu Madruga não fazerem parte do elenco; e dublador original do Chaves (Marcelo Gastaldi) havia falecido em 1995. Houve a contratação no mesmo ano de 2002, das jornalistas Sônia Abrão e Marília Gabriela, que voltam ao SBT, depois de ficarem 2 anos na RedeTV!.

 2003

No início de 2003 Silvio Santos foi alvo de polêmica por suas declarações à revista de celebridades Contigo!. Enquanto morava nos Estados Unidos, Silvio declarou estar doente e com pouco tempo de vida restante, motivo pelo qual teria vendido o SBT à Televisa e escalado Boni (executivo de TV e ex-diretor da Globo) como chefe de operações da emissora. A repercussão da entrevista foi grande. A Televisa, a Rede Globo e Boni desmentiram as afirmações. Mais tarde Silvio declarou a falsidade da entrevista, dos rumores de doença e de tudo que havia sido divulgado por ele nesse ínterim “como brincadeira à jornalista” que o entrevistou. Por causa disso, Silvio Santos sofreu vários processos pelos meios de comunicações que cobriam o fato.

No mesmo ano, o SBT perde o sitcom Os Simpsons e a Rede Globo volta com a série. No mês de março, a emissora foi duramente criticada por não ter dado destaque em seus telejornais á Guerra no Iraque.

Em agosto de 2003, SBT pela primeira vez, tira o programa Chaves do ar. Devido à grande pressão popular a favor da atração, duas semanas mais tarde o programa volta com horário semanal; em setembro, volta para a faixa vespertina junto com Chapolin. Menos de um mês depois Chapolin sairia novamente do ar.

Em 7 de setembro, o programa Domingo Legal foi palco de um grande escândalo do jornalismo nacional ao exibir uma entrevista com dois supostos integrantes do Primeiro Comando da Capital. As pistas de que a entrevista teria sido uma fraude só foram reveladas mais de uma semana depois da exibição, com a identificação dos responsáveis pelo jornalista Marcelo Rezende no programa Repórter Cidadão da Rede TV!. O programa de Gugu Liberato ficou fora do ar por uma semana. De volta à programação, o Domingo Legal nunca mais reconquistaria a liderança na audiência absoluta, o que beneficiou o Domingão do Faustão e o então estreante Pânico na TV.

A partir de outubro, a novela Canavial de Paixões chegou a obter boa audiência, mesmo com a forte concorrência da novela Celebridade e chegando a liderar em momentos de pico.

 2004

O SBT surpreendeu seus telespectadores em janeiro ao anunciar que exibiria filmes inéditos; no entanto, esses filmes só começaram a ser exibidos em agosto de 2005, depois de inúmeros processos e críticas. Até então só foram exibidas reprises de filmes que estrearam entre 2000 e 2003. Silvio Santos não ofereceu esclarecimentos sobre a demora.

Nesse mesmo ano, o SBT volta a exibir as novelas: Marimar, Rosalinda e Maria do Bairro, todas da cantora mexicana Thalía, ganhando a liderança, e deixando a novela Terra Nostra em segundo lugar.

Outro fato que surpreendeu os telespectadores foi a exibição de infomerciais pelo satélite Brasilsat B1 a partir de agosto, de segunda a sexta no início da manhã das 07h00 às 08h00 e no horário do almoço das 12h45 às 14h15, nos sábados no horário do almoço das 12h45 às 14h15, e aos domingos pela manhã das 09h às 11h00; esses horários são reservados à programação local nas afiliadas e emissoras próprias do SBT, então os telespectadores que tinham antenas parabólicas passaram a receber esses infomerciais. Em 2008, o horário dos informerciais das 07h00 às 08h00 foi retirado, dando lugar à programação do SBT de São Paulo.

Adriane Galisteu estréia no SBT no comando do Charme que tinha formato de game-show interativo nas tardes da emissora, a jornalista Regina Volpato também estréia nas tardes da emissora.

2005

O SBT exibe a reprise da novela Xica da Silva, produzida e exibida entre 1996 e 1997 pela extinta Rede Manchete. Originalmente exibida entre 22h10 e 23h, no SBT a novela foi exibida entre 21h20 e 22h10. A classificação de “14 anos” foi mantida. A novela obtém 15 pontos de média. Ana Paula Padrão é contratada e estréia em agosto na emissora no SBT Brasil, numa ação para conter a audiência de Essas Mulheres, a telenovela que até então a Rede Record exibia.

Começa a ser exibida a trama mexicana Rebelde, que lança a banda RBD e desperta furor em crianças e adolescentes no Brasil. A novela se torna um fenômeno, chegando à 20 pontos de pico no Ibope[5].

Em novembro de 2005, Chapolin retorna ao ar. Com um horário semanal, episódios inéditos e “perdidos” passam a ser exibidos.

2006

O SBT chega o ano em crise resultante do avanço da Rede Record. Hebe passou a perder sistematicamente do Repórter Record às segundas-feiras. Prova de Amor tirou audiência do telejornal de Ana Paula Padrão, e A Escrava Isaura derrotou Mariana da Noite. A reação do SBT foi o sucesso de Rebelde, pois a novela Cristal, encarada como a salvação da emissora, não conquistou grande popularidade com apenas 7 pontos, muito baixo para a emissora [6].

Carlos Nascimento foi contratado em fevereiro para apresentar o Jornal do SBT. Substituía Hermano Henning, que assumiu o Jornal do SBT – Edição Manhã. Em novembro a jornalista Ana Paula Padrão deixou o SBT Brasil para apresentar o SBT Realidade.

Ao completar 25 anos no ar em 18 de agosto de 2006, o SBT emprega mais de 2200 funcionários, tem 105 emissoras afiliadas e entra diariamente 176 milhões de brasileiros nos lares de todo o Brasil.[7] Mas a emissora amarga perda de afiliadas em todo o Brasil desde 2003. Em 2003 tinha 120 afiliadas.[8] Em 2004, a emissora tinha 117 afiliadas, caiu para 111 em 2005.[9]

O único horário em que o SBT mantem destaque até o final de 2006 era o da manhã. O programa Bom Dia & Cia atingia consideráveis médias. À tarde, as reprises dos seriados Um Maluco no Pedaço e Eu, a patroa e as crianças chegam a liderar em momentos de picos. Ainda assim, a Record conseguiu desbancar o antes imbatível Chaves ao exibir o tradicional desenho Pica-Pau, mas com a estréia do Chaves em desenho animado, o SBT voltou à vice-liderança.

Algumas alterações de programação deram bons resultados no horário nobre. A Praça é Nossa, mudado para as quintas-feiras, salvou a audiência do SBT naquela noite, sempre marcando médias acima de 10 pontos[10]. O SBT também lançou o Ataque de Risos, um pacote de séries americanas humorísticas. Inicialmente o programa obteve bons resultados no horário nobre[11].

Carlos Nascimento reformulou o telejornal para apresentá-lo na companhia de Juliana Alvim, ex-repórter do SBT em Brasília. Silvio Santos rapidamente retira Juliana Alvim da bancada e a devolve à reportagem. O SBT Brasil reformulado, num horário ingrato para a audiência, obteve baixos índices, e ainda foi alvo de críticas por ser encerrado antes do horário para que seu encerramento coincidisse com o da telenovela Páginas da Vida (uma prática habitual nos programas do SBT desde os anos 80). Além do SBT Brasil, o Jornal do SBT e o Jornal do SBT Manhã também passaram por reformulações, ganhando novos cenários com monitores de plasma e um GC parecido para os três.

Em outubro o SBT lança o programa Bailando por um sonho com sucesso. Em novembro, Silvio tira Adriane Galisteu do comando do Charme, substituindo-a por Celso Portiolli. Apesar da troca, o nome de Galisteu continua sendo exibido na abertura. Portiolli apresenta competições e promove encontros, conforme o projeto original do Charme, ao qual Galisteu não tinha se adaptado. O programa sofreu muitas alterações de formato e horário: chegou a ser exibido nas noites de quarta-feira, mas a experiência não durou muito. Adriane Galisteu continua gravando o programa, mesmo afastada da atração ao vivo. Charme também passou a ser exibido aos sábados sob o nome Namoro na TV, o mesmo de uma antiga atração do Programa Silvio Santos.

A maior audiência do SBT no ano foi registrada com filme Fúria em Duas Rodas, exibido em 5 de novembro.

A novela Vidas Opostas, da Record, venceu o SBT disparadamente no estado de São Paulo e no Rio de Janeiro. No restante do Brasil o SBT se manteve vice-líder absoluto segundo o Telereport Ibope. Enquanto em São Paulo obtia 12 pontos tinha média de 8 no resto do Brasil, dando então uma média de 10 pontos a emissora, o mesmo que o SBT alcançava.[12]

No dia 4 de dezembro, em mais uma reforma-surpresa, Silvio Santos extingue a assessoria de imprensa da emissora, deixando jornais e revistas sem a grade de programação do canal. Isto, combinado com as muitas alterações de última hora determinadas pelo “patrão”, deixou atordoados os próprios apresentadores do SBT[13].

 2007

Após passar a empatar com a Rede Record na vice-liderança em São Paulo no mês de fevereiro, o SBT lançou o slogan “A Concorrência vai Tremer!”, e apostou em novas temporadas para sucessos da emissora e novos programas para combater a Record. A “Arrancada da Vitória” começou num final de semana, com a volta de Silvio Santos à programação de domingo. Quatro programas com a apresentação do “Homem do Baú” foram veiculados: Topa ou Não Topa, 1º Campeonato Brasileiro de Dança, Tentação e Rei Majestade. Mais tarde também reestreou o Qual É a Música?. Apesar de manter o formato tradicional, o programa teve momentos de brilho quando Silvio recebeu a turma do Pânico na TV.

No dia 5 de março estreou o novo SBT Brasil. A grande surpresa do telejornal foi Cynthia Benini, que já havia sido criticada pelo seu trabalho no antigo Jornal do SBT e no SBT Notícias Breves, ambos ao lado de Analice Nicolau, sua colega de confinamento na Casa dos Artistas. Para apresentar o telejornal, Cynthia foi tirada às pressas da produção do programa 1º Campeonato Brasileiro de Dança, no qual fazia entrevistas com os concorrentes após suas apresentações.

Além destas atrações, o SBT estreou em março a novela Maria Esperança, estrelada por Bárbara Paz, o jornalístico SBT Realidade com Ana Paula Padrão, os programas Você é o Jurado com Carlos Massa, Curtindo com Reais com Celso Portiolli, o novo Viva a Noite com a cantora Gilmelândia, o humorístico Sem Controle, e as novas temporadas de Ídolos e Supernanny, além do desfecho da telenovela A Feia Mais Bela.

O programa Charme vinha sendo comandado por Celso Portiolli desde dezembro de 2006, porém com o retorno de Adriane Galisteu comandando o antigo Charme às segundas-feiras, depois do programa da Hebe, o Charme comandado por Celso Portiolli na semana passou a ser chamado de Namoro na TV, como já era feito no sábado. Algumas semanas depois, o Namoro na TV deixou de ser exibido de segunda à sexta, mantendo-se no sábado com uma longa duração: das 15h15 até as 20h30. O Charme, com Adriane Galisteu, passa por uma grande reformulação: troca de cenário, vinhetas e passa a ser exibido de segunda à sexta, depois do Jornal do SBT – Noite, registrando bons índices de audiência no horário. O Namoro na TV ainda continua usando o antigo estúdio do Charme. O SBT também põe fim nos infantis Sessão Desenho e A Hora Warner para ampliar o Bom Dia & Cia, e estréia uma nova faixa de desenhos aos domingos, o Domingo Animado, que é exibido das 9h00 às 11h00.

Em abril, a exibição da telenovela Destilando Amor é cancelada devido aos baixos índices de audiência: Silvio Santos então promove testes na faixa das 18h, e descobre um novo coringa para o SBT. Depois de tentar exibir os desenhos Liga da Justiça e Os Vegetais, era a vez do sitcom Escolinha do Golias ser testada.

Em maio, numa tentativa de “vitaminar” a audiência da programação vespertina, o SBT amplia a sua faixa de séries no início das tardes: o novo coringa Eu, a Patroa e as Crianças passa a ser exibido mais tarde, para tentar segurar a audiência por mais tempo, e enfrentar Xena da Record. Com esta modificação, Chaves continuou com sua exibição diária nas tardes, e as séries As Visões da Raven e Freddie entraram na grade de programação, mantendo a audiência das outras séries veteranas.

A série Freddie teve todos os seus episódios exibidos pelo SBT, e devido a isso deu lugar a série Elas e Eu. Em junho, as madrugadas da emissora também sofreram modificações: depois do programa Charme eram exibidas 2 sessões de filmes chamadas Fim de Noite, todos os dias, porém as mesmas só foram mantidas no final de semana. Sendo assim, de segunda à sexta, Tele Seriados passou a ter 4 edições: várias séries que já estavam fora do ar há algum tempo ocuparam as madrugadas do SBT, tais como Tal Mãe, Tal Filha, Estética e West Wing. No dia 18 algumas modificações foram feitas, como a substituição do Chaves em Desenho Animado pelo infantil Tom e Jerry: neste mesmo dia, no Jornal do SBT Manhã, Hermano Henning passou a dividir a apresentação com Analice Nicolau, que retornava ao jornal que já havia apresentado anos antes ao lado de Cynthia Benini. No dia 25 re-estreou a novela mexicana A Usurpadora, que fez muito sucesso em outras exibições, substituindo a novela Mundo de Feras. A série Um Maluco no Pedaço saiu do ar.

Em julho, a emissora foi bastante criticada por ser a única entre as quatro grandes emissoras do país a não exibir os Jogos Pan-Americanos de 2007, preferindo continuar com a exibição de sua programação rotineira. Outra crítica foi da cobertura que a emissora deu ao desastre do Vôo TAM 3054 no Aeroporto de Congonhas. Mas apesar disto, o SBT Brasil foi o telejornal que deu uma boa cobertura para o acidente, e chegou a mudar seu slogan. Antes de entrar a vinheta, um dos jornalistas sempre cita: “O SBT Brasil está no ar, com as últimas notícias do dia e as primeiras notícias da noite”. Excepcionalmente nesse dia, o slogan foi: “O SBT Brasil está no ar, com as últimas notícias sobre o acidente em São Paulo, e as principais notícias desse trágico dia”. Nesse período, o jornalista Carlos Nascimento estava de férias da emissora e foi chamado às pressas para poder ancorar o SBT Brasil. Quem o substituía era César Filho, que chegou a gravar as narrações de algumas matérias. Nesse mesmo mês, o SBT começou a exibir o animê Naruto no horário da manhã, conseguindo uma boa audiência, mas no mês seguinte, o animê mudou do horário da manhã para o horário da tarde.

Em agosto, estreou a versão nacional da mexicana Amigas y Rivales, chamada de Amigas e Rivais, substituindo a novela Maria Esperança. Em 20 de agosto, mais de seis anos e meio depois, entrava no ar no mesmo horário, a versão argentina da telenovela Chiquititas. Neste dia foi mais uma mudança na grade noturna, com a volta de Chaves e a estréia de Chiquititas 2000, ambos no horário nobre. Mas apesar de Chaves e Chiquititas 2000 terem se saído bem na audiência, o SBT Brasil marcou apenas 2 pontos no Ibope em seu novo horário, ficando em quinto lugar no ranking, atrás da Record, Band e RedeTV!.[14]

Com a entrada do desenho Os Flintstones e a estréia do humorístico Câmera Café, o SBT Brasil volta ao seu horário habitual das 21:40 e volta a faixa de 6 pontos de média. Ainda no horário nobre, volta a Escolinha do Golias nas quintas, o reality Quem Perde, Ganha passa a ser exibido aos sábados, e logo após entra o humorístico Sem Controle.

Em 1o de setembro de 2007, mais uma afiliada é perdida para a Rede Record de Televisão: a TV A Crítica, de Manaus, que garantia transmissão para 92% dos municípios amazonenses cancela o contrato que possuía com a emissora de Silvio Santos desde a sua fundação em 1981. A TV A Crítica no ano de 2006 fez intensos investimentos nos quais houve melhoria sensível da qualidade de imagem e som da emissora, bem como a construção de uma nova torre de transmissão e reformulação da grade de programação local, o que atraiu a atenção da Rede Record de Televisão. No lugar da TV A Crítica, o SBT fechou contrato com a TV Em Tempo (antiga TV Manaus), que anteriormente retransmitia a Rede Record, porém a qualidade de imagem da nova afiliada é muito precária com constantes quedas do sinal e programação local de péssima qualidade. Além disso, a TV Em Tempo não possui retransmissoras no interior do Amazonas, distribuindo seu sinal somente para a cidade de Manaus e cidades circunvizinhas.

Na noite do dia 17 de setembro, o site oficial do SBT sofre o primeiro ataque de hacker desde a criação em 2004. O atacante se identificou como Lady Lara: apesar de não protestar contra a emissora, atacou a corrupção, fraudes “e toda essa vergonha da qual hoje somos testemunhas”. O conteúdo saiu do ar na manhã do dia seguinte.[15] [16]

Na tarde de 23 de setembro, o SBT transmitiu o famoso reality show Você é mais esperto que um aluno da 5ª série?.

Em 1 de outubro estréia o telejornal SBT Manchetes, comandado por Cynthia Benini e Carlos Nascimento. A atração acaba por fracassar, marcando apenas 2 pontos e ficando em 4º lugar. No dia 29, volta a programação do SBT o Fantasia, sob o comando de Helen Ganzarolli, Luiz Bacci e Caco Rodrigues. Porém, Luiz Bacci apresentou somente a re-estréia, sendo rifado do programa logo no dia seguinte.

No dia 5 de novembro, o SBT Manchetes é cancelado e retorna ao horário nobre o mexicano Chaves, que mesmo sem divulgação, eleva os índices da emissora para 6 pontos. E no dia 12, a telenovela Maria do Bairro também volta a programação pela quarta vez, no lugar de A Usurpadora.

Do dia 30 de dezembro, o SBT volta a exibir o seriado The OC, subistituindo Lições de Vida (que não teve muito sucesso), na sua 4ª Temporada, sendo a última exibição inedita da serie na emissora.

Em dezembro de 2007, a emissora perde a posição de vice-líder em audiência para a Rede Record de Televisão pela primeira vez na média nacional das 24 horas, conforme dados do Ibope.

2008

Em 5 de janeiro a emissora estreou às 16h, o WWE – Luta Livre Na TV. No dia 20 de janeiro estreou o Nada Além da Verdade, onde as celebridades são desafiadas a responder às perguntas sobre sua própria vida. Cada questão respondida com sinceridade vale prêmios em dinheiro, com Silvio Santos no comando. No dia 21 de janeiro, às 20h15 estreou a novela argentina Lalola, mas devido a baixa audiência e a instabilidade da programação, é exibida atualmente às 21hs.

Em 1º de fevereiro, o SBT perdeu a afiliada Rede SC (que era composta por 4 emissoras). Porém ganhou o SBT Santa Catarina, que entrou no lugar da RedeTV Sul!.

Em 3 de março, o SBT reestreou o telejornal policial Aqui Agora e a reprise de “O Privilégio de Amar“, que entrou no lugar de “Maria do Bairro”. No dia 9 de março, a emissora começa a exibir em rede nacional o programa Vrum, que antes era exibido somente para o estado de Minas Gerais pela TV Alterosa, sob apresentação da Monica Veloso, que ficou conhecida no ano passado ao denunciar o caso Renan Calheiros. O Aqui Agora ficou poucos meses no ar.

Em 10 de março, a emissora inverte os horários dos programas Charme e Fantasia: o Fantasia passa para as 14h15 (antigo horário do Charme), e o Charme passa para 1h da manhã (antigo horário do Fantasia). Na tarde do dia 17 de Março, o programa Fantasia tem sua última exibição e o programa Charme tem sua última exibição na madrugada de 18 de Março.

No dia 9 de Abril, a emissora estréia o programa Novosídolos (nos mesmos moldes de Ídolos, já que perdeu os direitos de exibição de Ídolos para Rede Record), o que gerou polêmica por ter nomes semelhantes. Por determinação da Justiça, teve que mudar de nome, sendo o novo nome “Astros“, nome este escolhido por votação popular.

No dia 18 de Abril, estreou o Quem Não Viu, Vai Ver, com a apresentação de Helen Ganzarolli e Caco Rodrigues (que estavam fora do ar desde quando o Fantasia saiu do ar) no lugar da WWE – Luta Livre Na TV. O programa traz reprises de programas do SBT, dentre eles Topa ou não Topa e Vinte e Um. Em agosto o programa sairia do ar e o casal passou a apresentar a sessão se seriados de comédia Ataque de Risos.

No dia 25 de Abril, a parceria SBT/Televisa chega ao fim.

Em maio, o SBT ganhou mais uma afiliada, a Rede Massa (emissora do ex-apresentador Carlos Massa, o Ratinho) que está presente em todo o estado do Paraná, conforme anunciado no Jornal do SBT – Manhã do dia 22.

Em 1 de junho houve a estréia do novo Programa Silvio Santos um programa de auditório com jogos e atrações musicais.

Desde 9 de junho ás 22h, o SBT reprisa após 18 anos, a novela Pantanal, da extinta Rede Manchete.

Em 30 de junho o SBT lança a linha de shows denominado SBT Show com os programas Hebe, Nada Além da Verdade, Astros, A praça é nossa, Topa ou não topa e SuperNanny, de segunda a sexta, respectivamente e houve o lançamento das séries Ugly Betty e Grey’s Anatomy

No dia 5 de julho o SBT lança o musical Uma Hora de Sucesso com a dupla Zezé di Camargo e Luciano.

No dia 1º de setembro, estréia o programa Olha Você

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: