Programação
Record negocia Olimpíadas com Globosat
13/10/2008, 14h32
Após um aparente fracasso nas negociações, a Record deve finalmente vender os direitos de TV por assinatura das Olimpíadas de Inverno de 2010 e dos jogos Olímpicos de Londres, em 2012, para a Globosat. A emissora resistia em oferecer o conteúdo à programadora ligada ao grupo Globo e tinha preferência por outros canais, segundo fonte graduada próxima às negociações, mas acabou cedendo em face ao valor oferecido (não revelado). Procurada, a Globosat confirma apenas que as negociações estão avançadas, mas ainda não há contrato assinado. Da Redação – TELA VIVA News

Direitos esportivos
Record estaria próxima de cobrir investimentos para Olimpíadas
14/10/2008, 20h13
A Record já negociou os direitos dos jogos Olímpicos de Inverno de 2010 e dos jogos Olímpicos de Londres, em 2012, para Internet, com o portal Terra, e para TV paga, com a Globosat. Mas os valores envolvidos ainda são sigilosos. Contudo, uma fonte disse a este noticiário que o valor pago pelo Terra e pela Globosat “quase cobre o valor que a emissora pagou pelos direitos” (estima-se que tenham sido cerca de US$ 30 milhões). Segundo a fonte, “o valor de uma das cinco cotas de publicidade que serão vendidas bancará o restante, incluindo o custo de envio de equipe e de produção”. Em outras palavras, as quatro cotas restantes seriam lucro. Fernando Lauterjung – TELA VIVA News

Mercado internacional
Globo estuda co-produção com TV Azteca
14/10/2008, 15h17
A Globo estuda a possibilidade de co-produzir uma novela com a mexicana TV Azteca, nos moldes do acordo que fechou com a Telemundo (EUA) este ano.
“Enviamos vários textos ao México, mas devemos fazer alguma coisa mais antiga do Manoel Carlos, como ‘Baila Comigo’, ou Gilberto Braga, como ‘Dancing Days'”, conta o diretor de produção internacionals da rede, Guilherme Bokel.

Telemundo

Enquanto isso, a produção de “O Clone” com a Telemundo avança dentro do prazo. Já foram adaptados 120 capítulos, e o primeiro tratamento do texto todo deve estar pronto em dezembro. No fim do ano a Globo fará um workshop no Brasil com as equipes do Brasil, Colômbia e EUA. As gravações começam em fevereiro e a novela deve ir ao ar no final de abril.
Diferentemente do que foi feito na versão original, a novela não terá cenas gravadas no Marrocos. A Globo comprou um software que permite simular com perfeição, segundo Bokel, os cenários marroquinos. As gravações serão todas feitas na Colômbia. André Mermelstein, de Cannes – TELA VIVA News

Mercado internacional
Crise deve fortalecer produto acabado
14/10/2008, 15h06
Pelas opiniões colhidas por TELA VIVA durante o Mipcom, em Cannes, não há ainda um consenso a respeito de como (e quanto) a crise financeira global afetará o mercado internacional de conteúdos. Algumas teses, no entanto, estão sendo mais amplamente aceitas. A primeira é de que a crise deve favorecer o mercado de produtos acabados (“enlatados”), em detrimento de produções originais, por serem relativamente mais baratos e disponíveis. A outra é de que haverá, e isso já se sente neste mercado, pressão por preços mais baixos. “As empresas estão dizendo que cortarão o equivalente às suas perdas com publicidade, e em alguns casos isso chega a 30%”, disse a este noticiário um executivo experiente do mercado.
Dentro deste contexto, produtos como a novela podem se beneficiar. “A novela não é um produto barato, mas é flexível”, explica Guilherme Bokel, diretor de produção internacional da TV Globo. “A trama pode ser encurtada ou extendida, pode-se reeditar com mais ou menos personagens. E é um produto que tem uma certa garantia de sucesso. Então em um momento destes, é uma boa oportunidade”, concluiu.

Ano bom

A Globo ainda não sentiu os efeitos da crise em suas vendas internacionais. “Até agora o ano tem sido muito bom, estamos dentro do que planejamos. Mas ainda não dá para saber como será o ano que vem”, diz Raphael Corrêa, diretor de vendas internacionais da emissora.
A Globo prepara para a Natpe (janeiro) o lançamento de novos gêneros em sua oferta internacional, além das novas séries como “Maysa”, “Som e Fúria” e a segunda temporada de “A Diarista”. “Podemos lançar até produtos que não estejam na grade da emissora no Brasil”, adianta Guilherme Bokel. André Mermelstein, de Cannes – TELA VIVA News

Internacional
TV Brasil co-produzirá com Coréia
14/10/2008, 15h25
A TV Brasil prepara a co-produção de quatro documentários sobre o país com a Coréia do Sul. A emissora fechou acordo com a KBI (Korea Broadcast Institute), órgão de fomento do governo coreano, que financiará as obras.
Serão produzidos programas sobre a bossa-nova, o Pantanal, o Rio Grande do Sul e os países do BRIC.
André Mermelstein, de Cannes – TELA VIVA News

Programação
People & Arts apresenta produção nacional da CaradeCão
14/10/2008, 18h12
O People & Arts apresentou hoje o episódio especial “Rio Ink”, versão nacional do formato “Ink”, que já rendeu histórias em Miami, Los Angeles e futuramente Londres. Trata-se de reality show sobre tatuadores.
Ao contrário dos outros, o “Rio Ink” ainda não é uma série. A realização de mais episódios dependerá da audiência, segundo o gerente geral da Discovery Networks no Brasil, Fernando Medín.
Com produção da CaradeCão Filmes, o episódio especial contou com recursos do artigo 39, além de patrocínio da Fiat. O programa será exibido no dia 28 de outubro, às 22h, para o Brasil e para toda a América Latina. O episódio também deve ser exibido no Discovery en Español, canal dos Estados Unidos voltado ao público hispânico. Da Redação – TELA VIVA News

Vendas
Globo TV International comercializa “Sinhá Moça” com Turquia e Israel
14/10/2008, 19h21
A Globo TV International negociou a novela “Sinhá Moça” com canais da Turquia e de Israel. O turco Kanal 1 exibirá pela primeira vez um programa da TV Globo. O canal Hot, de Israel, já exibe as novelas “Senhora do Destino” e “Belíssima”, e passa a exibir “Sinhá Moça” a partir de outubro. Da Redação – TELA VIVA News

Agenda
Abertas inscrições para encontro ibero-americano de co-produção em Guadalajara
14/10/2008, 18h54
Estão abertas até o dia 19 de dezembro as inscrições para o 5º Encontro Ibero-americano de Co-produção Cinematográfica, que acontecerá nos dias 21, 22 e 23 de março, no âmbito do festival de Guadalajara, México. Serão selecionados 25 projetos de longa-metragem (ficção ou documentário) em desenvolvimento para participar do encontro, cujo objetivo é colocar os produtores com fundos internacionais de financiamento e produtores de outras regiões interessados em co-produduções. Mais informações e inscrições no site: http://www.guadalajaracinemafest08.com/es/. Da Redação – TELA VIVA News

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: