colaborou José Carlos Nery

Reflexão

A Globo tem que aproveitar mais este momento e definir – de uma vez por todas – qual deve ser a linha do seu jornalismo. E que todos, inclusive nós, público, ao mesmo tempo, aceitemos de vez que o dinamismo e competência dos tempos de Armando Nogueira e Alice Maria, definitivamente, viraram lembrança. Coisas do passado.

Hoje são explícitas as dificuldades desta emissora em se posicionar diante de certas situações. Em saber quem realmente ela é. Tenta transmitir sua superioridade questionável, mas se vê obrigada – pelas circunstâncias e necessidade de audiência – a concorrer no mesmo nível que as outras. É aí que a coisa complica ou que as suas deficiências atuais aparecem.

Ponto 1

Que todas as emissoras transformaram mais este caso de Santo André num circo, acho que ninguém tem dúvida. Mas, se assim tem que ser, que se faça bem feito.

Ponto 2

No “Jornal Nacional” de segunda-feira, dispensaram quase a totalidade do tempo de produção ao assunto Eloá, inclusive deslocando alguns dos seus principais repórteres, como Ernesto Paglia e Neide Duarte, a dar plantão na porta do velório. Sem muito que mostrar ou o que dizer.

Ponto 3

Pior, ainda no “Jornal Nacional”, repetiram a mesma matéria do César Tralli com o perito Ricardo Molina, exibida no “Fantástico” de domingo, sem a preocupação de acrescentar a ela nenhum detalhe novo. É como se o telespectador do dia anterior não existisse.

Ponto 4

Tudo isto, no instante em que a concorrente mais próxima, Record, colocava no ar uma entrevista com o seqüestrador. Dói em qualquer um tomar um furo desses pelas costas. Momento de reflexão. A Globo não pode continuar sendo atropelada pela notícia.

Por fim

Algumas questões: qual será a opinião dos telespectadores de outros países, que pagam para assistir às programações da Globo e Record internacionais, e são obrigados – durante toda uma manhã – a acompanhar a cerimônia de um enterro? E se este caso tivesse acontecido no interior de um outro estado qualquer, que não fosse São Paulo, será que mereceria a mesma cobertura?

Rotina

O ator Paulo Reis começou a gravar, segunda-feira, as “cabeças” da antiga série “Dallas”, que a Rede TV! exibe a partir do próximo sábado, depois do “Programa Amaury Junior”.

Saturado

“Assessor de imagem”, quadro do ator Warley Santana no “CQC”, já não agrada como antes. Bem decepcionantes as suas duas últimas edições. Perdeu a novidade.

Enlatado

A Record adquiriu os direitos de transmissão da primeira temporada de “Lipstick jungle”, com Brooke Shields, Lindsay Price e Kim Raver. Três mulheres dispostas a fazer tudo em troca do sucesso nos negócios. A série é baseada no livro homônimo da autora Candace Bushnell.

Alvo

Divulgação/Globo Recém-saída de um episódio do seriado “Casos e acasos”, Alinne Moraes não deve ficar muito tempo longe da tela da Globo. A temporada de caça a protagonistas está em alta no Projac.

Bate-Rebate

…A insistência em escalar repórteres sem experiência nas transmissões de futebol continua gerando atritos na Bandeirantes.
…A exemplo do que fez com o futebol, a Globo soltou anúncios que informando que já vendeu a Fórmula 1 do ano que vem.
…A Record ainda não confirma, mas, nos seus bastidores, se dá como certa a compra do filme “Tropa de elite”.
…Rafael Almeida e Sophie Charlotte devem ficar reservados para a próxima novela de Manoel Carlos no horário nobre da Globo.
…Humberto Martins e Christiane Torloni serão os pais de Bruno Gagliasso, um doente mental, em “Caminho das Índias”.
…Alexandre Borges, por sua vez, será irmão de Humberto Martins nessa novela de Glória Perez. Fará a linha empresário irresponsável.
…O SBT ainda não confirma a presença de Maisa no Teleton deste ano.
…Mas existe a desconfiança de que ela irá se apresentar na campanha ao lado do Silvio Santos.
…Quando questionada, Ellen Jabour afirma desconhecer projeto de um programa solo no SBT.
…Lauro César Muniz entregou os seis primeiros capítulos de sua nova novela na Record. O material impressionou a direção da emissora.
…Eliana, apresentadora da Record, também terá um blog. No ar, em novembro.
…A TV Digital, via RPC, chega hoje ao Paraná. Em novembro, será a vez de Santa Catarina e Porto Alegre.
…As gravações de “Água na boca”, novela da Bandeirantes, chegam ao fim na próxima sexta-feira. Já a próxima da emissora, “Paixões ardentes”, baseada na trama colombiana de “Pasión de gavilanes”, deverá ser exibidas às 22h

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: