Record usa câmera de 1 milhão de reais em “A Lei e o Crime”

A decisão filmar a série com câmera única tem vantagens na qualidade do resultado e na possibilidade de venda para outros países. Por outro lado, complica a produção: a Record precisou contratar funcionários específicos para cuidar do foco, por exemplo, e o tempo gasto para as filmagens é muito superior ao que se leva para gravar uma novela.

O seriado começou a ser gravado esta semana na comunidade Tavares Bastos, no Rio de Janeiro. As cenas, dirigidas por Alexandre Avancini, contaram com a presença dos atores Ângelo Paes Leme (Nando) , Silvio Guindane (Valdo) , Aline Borges (Lacraia) e André Ramiro (Tião Meleca).

A série terá temática policial e vai contar a história do crime na vida de Nando, um trabalhador de classe média baixa que comete seu primeiro crime e logo se vê controlando o tráfico de drogas de uma favela carioca.

A Record pretende estrear “A Lei e o Crime” no dia 5 de janeiro, mesma data em que a Globo começa a exibir a minissérie “Maysa”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: