Quentinhas da tv

 


Sem contrato
As afiliadas da Globo controladas por Boni no Vale do Paraíba (SP) – sob o chapéu de Rede Vanguarda – estão operando sem contrato com a rede da família Marinho. O contrato acabou em abril, não se chegou a um acordo para a renovação e fez-se uma prorrogação por seis meses. Agora, as afiliadas estão no ar na base da palavra. Quem conhece as duas empresas, porém, não tem um pingo de dúvida de que elas chegarão a um acordo de verdade nos próximos meses. http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/

Michael Jackson ‘chega a acordo’ em disputa com xeque
Michael Jackson chegou a um acordo preliminar em uma batalha judicial com um xeque árabe que alegava que o cantor não havia cumprido os termos de um contrato musical.
Michael Jackson iria aparecer em uma audiência nesta semana na Alta Corte de Londres, tribunal que as partes elegeram para decidir a disputa.
A audiência estava sendo aguardada com grande expectativa pelos fãs de Michael. Segundo o jornal britânico, The Guardian, esta era a audiência mais aguardada do ano, em um tribunal do país.
Um porta-voz disse que o cantor foi aconselhado a adiar a viagem, já que as partes haviam chegado a um acordo em princípio.
O filho do rei do Barein, o xeque Abdulla Bin Hamad Bin Isa Al-Khalifa, estava processando o cantor por cerca de US$ 7 milhões, alegando que Jackson havia violado um contrato musical.
O cantor americano nega a acusação, dizendo que não havia um acordo válido entre os dois.
Segundo o repórter da BBC Matthew Shaw, Michael Jackson estava para pegar um avião para a Grã-Bretanha quando foi aconselhado a adiar a viagem. http://oglobo.globo.com/cultura/mat/2008/11/24/…que-586524489.asp


CANAL ZAP
Kelly Valente/TV Press

Não foi dessa vez
Em “Três irmãs”, da Globo, Galvão, de Bruno Garcia, se prepara para se casar com Alma, de Giovanna Antonelli. Ansioso, ele a espera no altar quando Violeta, vivida por Vera Holtz, surpreende a todos com sua presença. Mas até então tudo parece correr bem. A noiva entra na igreja acompanhada por Lázaro, de José Wilker, e a cerimônia começa. Galvão está colocando a aliança no dedo de Alma, prestes a dizer “sim”, quando Sueli, de Bianca Byington, mãe de Juliana, de Juliana Schalch, se manifesta e impede o casório pela segunda vez. Suzana, de Carolina Dieckmann, desconfia de que foi armação de Violeta, que nega tudo. Apesar de suas conhecidas falcatruas, Galvão gosta de Alma, mas vai ficar balançado com a volta da mãe de sua filha.

‘Online’
Depois de viver a Altina de “Caminhos do coração”, da Record, Regina Dourado se prepara para interpretar Wal em “Caminho das Índias”, próxima novela das oito da Globo, prevista para estrear em janeiro. Na trama de Glória Perez, a personagem será uma secretária viciada em internet.

Em negociação
José Paulo Valone, produtor que comprou a novela “Pantanal”, negocia com Glória Perez os direitos de “Carmem”, exibida em 1987 pela extinta Manchete, para oferecer ao SBT.

Overdose de cinema
Daniel Dantas, que viveu o vilão Natércio em “Ciranda de pedra”, da Globo, está em três filmes. Em “Histórias de amor que duram 90 minutos”, o ator contracena com Caio Blat. Já o infantil “Eu e meu guarda-chuva” é baseado em uma peça de teatro em que Daniel já atuou. Já o terceiro longa, ainda sem nome definido, tem direção de Sandra Werneck. http://www.tribunademinas.com.br/semanais/teve/teve60.php


Novo filme de ‘Star Trek’ aprofunda relação entre Kirk e Spock
O universo de ficção criado por Gene Roddenberry, “Star Trek”, foi resgatado por J.J. Abrams para o 11ª filme da saga, que aprofunda a relação entre os personagens do capitão Kirk e Spock e que estreará no Brasil em maio de 2009.
Apesar de J.J. Abrams nunca ter sido apaixonado pela série “Jornada nas Estrelas” – ele preferia “Guerra nas Estrelas” -, o jovem diretor, roteirista e produtor aceitou a proposta de levar a célebre saga ao cinema.
Não quero falar mal da série nem dos filmes anteriores, só sei que nunca me agradaram, “nunca pude me identificar com os personagens da saga, portanto o que fiz neste filme foi tornar os protagonistas acreditáveis, algo que acho que até agora não tinha sido feito”, comentou o diretor americano em sua passagem por Madri.
Portanto, ao aceitar a encomenda da Paramount, J.J. Abrams se dispôs a reinventar “Star Trek” retornando às origens: a complicada relação entre dois dos altos comandantes da nave Enterprise, Kirk e Spock (um híbrido entre humano e “vulcano”), interpretados pelos atores Chris Pine e Zachary Quinto, respectivamente. http://g1.globo.com/Noticias/PopArte/0,,MUL8727…KIRK+E+SPOCK.html


CONTROLE REMOTO
Patrícia Kogut

Generoso
Wagner Moura doou seu fusquinha 68 bege, e grande xodó, para o Retiro dos Artistas.
O carro seria leiloado, mas fez tanto sucesso, que será usado para o transporte dos moradores de lá.

Novela no Nordeste
Walther Negrão vai para Fortaleza em janeiro.
Em parte, para férias com a família. Mas é também para começar as pesquisas de sua nova novela, projeto em parceria com Marcos Paulo.

E mais
Negrão quer repetir o sucesso de “Tropicaliente”, que escreveu em 1994. Ambientada em Fortaleza, a novela foi um sucesso de vendas no mercado internacional. E ainda lançou Carolina Dieckmann.

Sem fronteiras
Na novela de Lauro César Muniz, na Record, vai ter um casal com idades bem diferentes.
O par será formado por Guilherme Boury e Patricia França. Ele tem 24 anos e ela, 36.

Contrato
Margareth Boury não vai mais assinar “Betty, a feia” conforme previsto inicialmente, mas renovará seu contrato com a Record nos próximos dias. Ela vai escrever novelas.

Nas onze
No curta “O que há de ficar”, com Maria Flor e Vera Holtz no elenco, o figurino da produção é assinado por… Maria Flor.
A atriz também vai estrear “Aline”, especial de fim de ano da Globo.

GIOVANNA ANTONELLI, musa cubista de Fernando Torquatto, que se inspirou em Picasso para criar esta imagem para o catálogo de fim de ano da Sara Jóias. Ele também fez Giovanna como Frida Kahlo. Em outra foto, homenageou o pintor John Singer Sargent.
Quer ver? Estão no www.oglobo.com.br/ kogut

NOTA 10
Para as chamadas de “Capitu”, que a Globo está exibindo. São chamadas com poucas explicações, mas que deixam uma (boa) impressão do que vai ser a série.

NOTA 0
Para as cenas do show de Colbie Caillat em “Três irmãs”. Não poderia ter sido mais caído.
Tinha meia dúzia de gatos pingados no cenário balançando a cabeça pra lá e pra cá. Foi quase triste. http://www1.oglobodigital.com.br/flip/?idEdicao…kogut&origem=


Ana Maria Braga critica exposição de ex de Suzana Vieira em programa de TV: ‘Ele é um cafajeste’
A apresentadora Ana Maria Braga fez um desabafo na manhã desta segunda-feira em seu programa e criticou o ex-marido de Suzana Vieira. Disse ao vivo que ele está se aproveitando da separação da atriz para “aparecer”.
“Ele é um cafajeste, um aproveitador”, disse a apresentadora. “Vai ser cafajeste assim lá… fora do Brasil”.
Ana Maria Braga referia-se à exposição do ex-policial Marcelo Silva em um programa de TV, em que assumiu o romance com a nutricionista Fernanda Cunha. Ela era amante do ex-marido de Suzana Vieira e chegou a ligar para atriz revelando o caso amoroso. Mais tarde foi ameaçada por Marcelo e o denunciou à polícia por agressão. Uma semana depois, os dois acabaram indo ao programa “A tarde é sua”, da Rede TV!, na quinta-feira, para assumir o romance em rede nacional. Marcelo e Fernanda teriam recebido R$ 20 mil cada um para a entrevista.
Chamando Marcelo Silva de “coisa para lixo”, Ana Maria fez um apelo a colegas apresentadores de outras emissoras que não dessem espaço para ele e a namorada. “É só vontade de aparecer. Ele é um vagabundo. Não se faz isso com ninguém”, disse a apresentadora. “Suzana mão merece”, desabafou no “Mais você”.
Suzana Vieira, que agora é escoltada por seguranças, não pode se pronunciar sobre a separação a pedido de seus advogados.
Ana Maria Braga terminou o desabafo dizendo que se Marcelo Silva “desaparecesse da face da Terra não ia fazer a menor falta”. “Suzana, um grande beijo, amiga”, falou Ana Maria, encerrando o discurso. http://oglobo.globo.com/cultura/revistadatv/mat…te_-586524736.asp


Leo vai tentar estuprar Dedina. Fracassará e será difamado
Autor de ‘A favorita’, João Emanuel Carneiro prepara muitas reviravoltas agora que a novela está entrando na sua reta final. Uma delas é o castigo de Leo (Jackson Antunes). Toda a cidade ficará sabendo de seus fracassos sexuais.
Quando se separar de Elias (Leonardo Medeiros), Dedina (Helena Ranaldi) vai viver com Damião (Malvino Salvador). O arranjo não dará certo porque não existe amor entre os dois. E Dedina vai se transformar numa triste figura que fica vagando pela cidade. Paralelamente, Leo já estará separado de Catarina (Lília Cabral).
Ele então tentará estuprar Dedina. Mas fracassará. Para se vingar, ela espalhará para todos que ele é impotente.


Christiane Amanpour: seu próprio programa na CNN International
Há 25 anos repórter especial da CNN, Christiane Amanpour já fez de tudo um pouco: esteve em guerras, mostrou fome e catástrofes naturais, atravessou fronteiras, mas nunca apresentou um programa diário. Isso vai mudar ano que vem. Ela vai estrear à frente de uma atração noturna na CNN International (exibida aqui no Brasil via cabo). Nos fins de semana, o programa dela será exibido para o público americano.
A data da estréia ainda não foi anunciada. Amanpour fará grandes entrevistas e comandará debates. O canal internacional chega a 240 milhões de lares no mundo inteiro.


Evan Handler: vitória contra a leucemia
Ator de ‘Sex and the city’, ‘Lost’ e ‘Californication’, Evan Handler também é escritor e lançou um livro de memórias, “It´s only temporary, the good news and the bad news of being alive.” Ele faz um relato de sua vitória sobre a leucemia.
No relato, ele conta que quando tinha 24 anos ouviu dos médicos que estava muito doente e provavelmente não sobreviveria. Por isso hoje, aos 47 anos, tem muito para comemorar.
– Até ‘Sex and the city’ acontecer na minha vida – contou ele ao Los Angeles Times – a doença praticamente me definia. Depois do programa, consegui estabelecer uma identidade relacionada ao meu trabalho na série. Eu ressurgi, renasci.
No livro ele conta ainda como levou sua vida amorosa entre altos e baixos e falou das 27 separações envolvendo dez mulheres diferentes. Em 2003, Handler se casou com a italiana Elisa Att e eles têm uma filha de 2 anos. Antes de conhece-lo, ela nunca tinha assistido ao programa. http://oglobo.globo.com/cultura/kogut/


PAPO DE BOLA – PAPO DE MÍDIA
Edu Cesar

Durou pouquinhos dias, paciência, mas vai lá: a enquete “você é a favor de ex-jogadores comentando nas transmissões de futebol da TV e do rádio?” teve como resultados: 40,68% (24 votos) para “sim, desde que ao lado de um jornalista”; 38,98% (23 votos) para “não”; e 20,34% (12 votos) para “sim”. Uma nova enquete está no ar, destinada aos assinantes da Net que tem assistido o BandSports.

Falhaça do GloboEsporte.com que vêem aqui: o Fluminense jogou aqui em Porto Alegre e seu hotel foi visitado pelo Cacá Bueno, que correu a Stock Car em Viamão. Mas puseram “Belo Horizonte” na legenda.

Uma perda extremamente significativa ontem: morreu Celso Garcia, um dos grandes nomes do rádio esportivo do Rio de Janeiro, conhecido como “Garoto do Placar”, bordão que usava após sair um gol. Ele, que passou pelas rádios Globo, Continental e Tupi, teve complicações cardíacas. Além do rádio, Celso também ficou eternizado para o Flamengo por uma descoberta com “DE” maiúsculo: “apenas” Zico.

Os nomes engraçadinhos continuam atacando nas interatividades. Ouçam aqui Carlos Eduardo Éboli ler no “CBN Esportes” de ontem uma mensagem de “Ayrton Pondo” (Aí Tô Pondo), do Recife. Ê, meu Deus!

Neste fim de semana, o Sportv/PFC teve duas “dobradinhas” em um mesmo dia: João Guilherme no sábado (SAAD x Corinthians e ABC x Ponte) e Roby Porto ontem (Lazio x Genoa e Torino x Milan).

No “Sportv News” de sábado, Karin Duarte repetiu nos gols da Série B um deslize de pronúncia que, há alguns dias, a Janaína Xavier havia cometido, ao chamar o estádio do Criciúma de Heriberto “Ulse”, quando o correto é Heriberto “Hilse”.

Outro erro foi ontem, no PFC, na abertura da transmissão de Sport x Atlético Mineiro. A geradora da transmissão – que não foi a Globosat, os caracteres eram próprios da geração enviada ao Rio – puseram na classificação o Flamengo com 64 pontos e o Cruzeiro com 62. Assim seria, se fosse empatado o clássico do Mineirão. O correto seria Cruzeiro 64 e Flamengo 63.

Mas o pior dos erros foi aprontado pelo Sportv2 na transmissão de Guarani x Águia. Já não passaria o jogo inteiro por causa do privilégio ao Milan, mesmo não sendo exclusivo como era a Série C. Mas a coisa foi muito pior do que eu imaginava: demorou três minutos para ligarem do Italiano ao Brinco de Ouro, para o Lédio Carmona fazer um comentário final de Torino x Milan; quando a transmissão de Campinas iniciou, o relógio já apontava 22 minutos e estava 1 x 0 para o Bugre; mal o Odinei Ribeiro abriu a transmissão e ele já teve de chamar coletivas dos jogos das 17h da Série A, o que somou um total, em três intervenções, de 17 minutos (bah!!!), resultando em apenas oito – !!! – minutos do primeiro tempo exibidos ao vivo; a primeira intervenção da repórter Laura Fonseca foi somente aos 42 minutos de jogo, com direito a uma gafe, prontamente corrigida, ao chamar o Odinei de “Linhares” (Jr., que ontem esteve de folga); na última interrupção para coletivas da elite, transmissão interrompida de 1 a 7 minutos da etapa final. Ou seja, de 95 minutos totais de futebol em Campinas, o Sportv2 mostrou apenas 49!!!

Não sou de Campinas, nem do Pará, mas me senti tão desrespeitado e, levando a coisa às raias do “exagero exagerado”, até mesmo “violentado” (risos) pela, tentando – o impossível neste caso – ser gentil, pilantragem do Sportv. É forte o termo, mas não tem outro (isto é, até teria, mas não direi em respeito tanto aos leitores quanto aos cronistas do canal, pelos quais tenho apreço e que sei não terem sido responsáveis por isso, pois não compete a eles decidir isso do que exibir e quando; muito ao contrário, eu até teria ficado aborrecidíssimo com essa situação se estivesse nos lugares do Odinei, da Laura e do João Carlos Assumpção). O torcedor do Guarani que não estivesse no Brinco de Ouro tinha a chance de ver um jogo histórico, que lhe tirava da Série C após duas temporadas, e o do Águia tinha pela vez primeira uma exibição em nível nacional, que poderia resultar no maior feito de sua história. Pois os torcedores dos dois times foram desrespeitadíssimos! Pelo amor de Deus, pombas! Se era para haver essa… isso aí que ocorreu ontem, que tivessem subido o horário da rodada final da Série C para 20h. Horário péssimo para domingo? Péssimo. Mas pelo menos a partida passaria inteira. Eita nóis…

Agora que estou um pouco mais, como diria aquele comercial de remédio lido pelo Lombardi no “Show de Calouros”, calminho, calminho (risos), vamos à próxima nota, proporcionada por um conviva do Fórum NaTelinha, cujo apelido esqueço agora para dar o devido crédito, que viu a chamada na geração de material para as afiliadas, feita de madrugada e vista pela parabólica: quinta-feira, a Record fará rodada dupla da Copa da UEFA, pegando carona nos brasileiros participantes dos jogos. Às 16h, tem Schalke 04 x Manchester City, e logo depois, Portsmouth x Milan.

Sílvio Luiz não está mais na Band aberta, todos sabem. Mas foi ouvido nela ontem, no “Gol, o Grande Momento do Futebol”, no “Band Esporte Clube”, em narração original de um gol do São Paulo sobre o Vasco. E obrigado ao leitor Rafael Barbosa pelo adendo.

Band, que fez ontem uma escala diferente: Téo José, que é o titular do Campeonato Italiano e só não costuma fazê-lo quando está Brasil afora transmitindo a Fórmula Truck, ontem narrou Cruzeiro x Flamengo (ao lado de um comentarista que não era o Osmar de Oliveira, comentarista este que não consegui reconhecer pela voz nos minutos finais abertos na rede após Vasco x São Paulo). Lecce x Roma foi feito pelo Nivaldo Prieto. Falando em Cruzeiro x Flamengo, “efeito Raul Gil”: assim que o jogo acabou, o Téo encerrou a transmissão, para o animador começar seu programa às 19h em ponto. Por conta disso, não foi coberta ao vivo a confusão pós-jogo, que resultou até na rara expulsão pós-apito final do flamenguista Fábio Luciano.

Desta mesma transmissão, outra curiosidade: depois de algum tempo, Dimara Oliveira ausentou-se de uma transmissão em BH. Luiz Ceará e Nivaldo de Cillo foram os repórteres. Se a Dimara não pôde participar, custava escalar alguém também da Band Minas (como a outra repórter dela, Alba Joacy) para cobrir o Cruzeiro, sem ter que chamar alguém da matriz para isso?

Roby Porto em versão regional? Foi na manhã de sábado. Ele foi o narrador da Globo Brasília na final da Copa Brasília de Futsal. E obrigado ao honorável Rener Lopes pelo adendo.

Deu no Blog do Torcedor, de Marcelo Cavalcante, no JC On Line (e obrigado ao leitor Leonardo pela dica): foram definidas as primeiras cinco partidas do Campeonato Pernambucano de 2009 que a Globo Nordeste transmitirá: 11/1, Sete de Setembro x Santa Cruz; 17/1, Náutico x Salgueiro; 25/1, Porto x Sport; 28/1, Cabense x Santa Cruz; e 4/2, Vitória x Náutico.

A RedeTV! fez uma cobertura dupla sábado (o que eu mesmo poderia ver se a TV Pampa ajudasse, mas como não ajudou, sou socorrido pelo leitor Rafael Barbosa): transmitiu Corinthians x Avaí com Luiz Alfredo, Ronaldo e Marcelo Bianconi, mas teve posto turbinado em Barueri x América, com Rodrigo Cabral e Bruno Prado. Ganho informativo bacana, pelo jogo do Barueri ter sido o de seu acesso.

A próxima ocorreu nesta transmissão e também não vi, sendo avisado pelo leitor Victor Faria: no segundo gol do Barueri, o Rodrigo gritou gol do… São Caetano. Mas imediatamente ele corrigiu, menos mal.

Até achei um “gato-net” da RedeTV!, mas preferi ver outro mais, por assim dizer, “inédito”: um da Globo SP, o que me possibilitou enfim ver uma transmissão dela na Série B. E rendeu essa transmissão. A primeira: aos 46:40, o árbitro levantou o braço para marcar impedimento, mas parecia estar encerrando a etapa inicial. Cléber Machado: “o árbitro levantou o braço pra marcar impedimento. Um repórter, que não foi o Bruno (Laurence), correu campo adentro para entrevistar”. Bruno: “meteu 100 metros rasos”. 10 segundos depois, apito final do árbitro, Cléber: “agora sim você também pode correr, Bruno”. Aliás, mesmo esta transmissão passando também em SC, não só o tom foi deliberadamente corinthiano (dããã), como o Bruno cobriu os dois times, não havendo repórter da RBS para cobrir o Avaí.

O “Show do Intervalo” foi assim: comerciais assim que acabou o primeiro tempo, sem entrevistas do Bruno no campo de jogo; no bloco seguinte, flash ao vivo da MegaRampa com o Tiago Leifert e reportagem do Edson Viana sobre o treino da Stock Car em Viamão; após os comerciais, gols de Barueri x América e Brasiliense x Vila Nova (por sinal, América e Vila eram identificados com as siglas de seus Estados pelo GC quando saía gol); e depois do último intervalo, os gols no Pacaembu comentados pelo Caio Ribeiro e um “Super Tira Teima” com o Renato Marsiglia (não só em rara transmissão da Globo SP, já que quase sempre é escalado só nos jogos da Globo RJ, como também, salvo engano meu, em sua primeira partida nesta Série B). A escala do Marsiglia no sábado permitiu que todos os comentaristas de arbitragem trabalhassem neste fim de semana, já que ontem os participantes foram o Arnaldo Cézar Coelho na Globo SP e o José Roberto Wright na Globo RJ.

Uma que não percebi é indicada pelo leitor Mateus Pacheco: nos gols do Avaí, não rodaram o mid do hino do clube e sim aquela música genérica usada nos gols dos times sul-americanos na Libertadores e na Sul-Americana, o que concordo que é lamentável. Outro detalhe (corrijam-me se eu estiver errado): na hora do “quebra-costelas” entre corinthianos e avaianos, não cheguei a ver na Globo imagens do princípio de confusão com a torcida alvinegra, imagens que vi no PFC quando liguei rapidamente nele (via Corinthians x Avaí no “gato-net”, não pelo jogo em si, mas sim pela transmissão da Globo SP, e assistia na TV Criciúma x Santo André). Por fim, o último apito foi às 18h23min. A Globo SP fez precisamente 17 minutos de pós-jogo, com a entrega da taça de campeão para o Corinthians. A transmissão acabou às 18h40min, com a chamada da Série A antes do oferecimento final. Para fins comparativos: na rede, o filme “Três Solteirões e um Bebê” encerrou às 18h34min.

Por falar na chamada da Série A, foi toda cheia de pompa e circunstância, toda ela com o Cléber Machado, destacando que Vasco x São Paulo seria “mais um passo para o tricolor ser campeão” e anunciando também todos os lances de Vitória x Grêmio. A figura que abriu a chamada – o logo do Brasileiro e, ao lado, o letreiro “faltam 3 rodadas” -, como viram, pus na chamada de capa da “24 Horas” ontem.

Uma última de Corinthians x Avaí: a transmissão da Globo SP foi escanteada pela RBS, mesmo ela também mostrando-a. No ClicRBS, o vídeo disponibilizado dos gols é o do PFC, com narração do Milton Leite. E no primeiro bloco (só Florianópolis) do “RBS Notícias” de sábado, a breve nota coberta lida pelo apresentador Fabian Londero tinha, ao fundo, a narração original do Lord, ao invés da do Cléber.

Quero crer que a página da CBF está errada ou que a Globo fará alguma modificação ao longo da semana, mas segundo a tabela no site da confederação, além de América x Corinthians, as outras partidas com TV aberta na última rodada serão… Juventude x Barueri e Vila Nova x Bragantino! Bah!!! Só pode ser erro isso, só pode! Os outros dois jogos exibidos, sabem quais deveriam ser? Ponte x Criciúma, para SC, e Fortaleza x Brasiliense, para o CE. Sim, o jogo do Fortaleza direto para a praça, o que é viável, pois há aquela regrinha contratual de que até seis – ou sete, agora não lembro – jogos podem ser exibidos para a praça. E até aqui, apenas quatro jogos passaram para a praça (todos do Corinthians em Sampa para Sampa). Então, tem brecha folgada não só para a Verdes Mares ser liberada para mostrar o jogo da vida ou da morte do Leão do Pici, como para permitir à InterTV Cabugi o mesmo benefício em relação ao Dragão (ou seja, rede com a Globo SP). Assim, só partidas que realmente importam seriam exibidas.

Isso que sugiro da VM seria uma compensação pelo furo de sábado, o primeiro em que um clube cearense, jogando fora de casa à tarde, não foi mostrado. Obrigado ao Ribamar Xavier pelo adendo.

Passando à Série A, em adendos do leitor Adriano Alves: embora a Globo Minas tenha feito uma transmissão própria de Vasco x São Paulo, com pretexto de mostrar tudo de Cruzeiro x Flamengo, não houve uma chamada própria da emissora destacando isso. A chamada exibida era uma gerada pela Globo de SP. Na transmissão em si, o posto do Rogério Ferreira em Magalhães Pinto foi ativíssimo. Não apenas os lances agudos eram mostrados, mas também cobranças de escanteio e lateral. Era a bola parar em São Januário que tinha link no Mineirão, com direito às escalações iniciais antes da bola rolar.

Falando em Cruzeiro x Flamengo, também nele acionei um “gato-net” (eh, eh) para assistir a transmissão da Globo RJ (só com imagem, sem som, enquanto zapeava a todo momento entre Vitória x Grêmio na RBS e Vasco x São Paulo na Band, com o som delas e também com o da Rádio Bandeirantes nas duas partidas). Como chutou bem o leitor Natanael Felipe Rhoden no sábado, Luís Roberto narrou do estúdio, assim fazendo turno duplo, pois de manhã também tubou a Stock Car. Outro adendo do Adriano Alves, relativo ao Luís: na Stock, ele narrou com um fone de ouvido enorme; já no futebol, ele, o Caio e o José Roberto Wright usaram um microfone mais parecido com um fio, quase imperceptível (microfone que, sinceramente, não me agrada, pois acho que mais estético e honesto seria a boa e velha lapela).

Sobre a Stock, um adendo do leitor Rafael Barbosa: ao contrário da prova anterior, presumo que por naquela ter equipe de cabine in loco e ontem não, a transmissão do treino do sábado pelo GloboEsporte.com não foi com o Luís e com o Reginaldo Leme, e sim com narração do Rodrigo Mattar, comentarista do Sportv, e reportagem de Rafael Lopes, do próprio GloboEsporte.com.

Voltando ao Brasileiro: Vasco x São Paulo foi acompanhado constantemente pela Globo RJ, com lances agudos sempre após saírem, nenhum ao vivo, com direito a posto in loco do Clayton Conservani. Outra: antes da bola rolar no Mineirão, exibiram uma imagem congelada do Celso Garcia no minuto de silêncio, com GC identificando os anos de nascimento e falecimento. No “Show do Intervalo”, houve uma falha técnica quando o Luís chamou os lances de São Januário. Entrou a vinheta “Melhores Momentos”, o comecinho da animação comercial das Casas Bahia (aquela virtualmente “dentro do campo”) e a imagem voltou ao deputado de Múcio fazendo um gesto do tipo “ô, meu Deus, deu falha!” Um rápido ajuste técnico, contornado com habilidade, e então vieram os lances do clássico RJ/SP na voz do Léo Batista.

Mas a principal curiosidade desta transmissão foi em termos técnicos: quando entravam lances de São Januário e os gols do Barradão, era com bandeiras dos dois times tremulando, e não com aquele efeito da bola com os símbolos dos times transmitidos e dos times cujo lance seria mostrado; e o GC do placar, em algo estranhíssimo, teve no tempo de jogo o formato habitual dos caracteres, mas nas siglas dos times e no placar, os caracteres foram os mesmos dos GCs do “Globo Esporte” e do “Esporte Espetacular”.

E teve Vitória x Grêmio na RBS TV, transmissão sem boazinhas mais dignas de registro, feita dentro duma “normalidade normal”. Durante o jogo, eram exibidos os gols de Vasco x São Paulo e Cruzeiro x Flamengo com as narrações originais da Globo, além de melhores momentos dos dois no “Show do Intervalo”. No compacto do clássico RJ/SP, um efeito técnico “tapou” o “ao vivo” em cima do logo global (já que é normal da Globo SP, até hoje não sei por qual causa, motivo, razão ou circunstância, como diria Osmiro Campos, deixar o logo colorido de “ao vivo” a partida inteira). Nos gols, como vêem aqui, narrações normais do Jader Rocha, empolgada no primeiro gol gremista e mais murcha nos rubro-negros. Aceitável, tendo a transmissão passado só aqui e não também na Bahia.

Nesta segunda-feira, a CBF divulga datas e horários “abençoados” pela Globo da penúltima rodada da Série A. Certo é que São Paulo x Fluminense passará. Cuidemos o site da entidade ao longo do dia.

A grade publicada no site da Globo confirma mesmo o filme “Match Point” para quarta-feira, o que automaticamente referenda Estudiantes x Internacional só para o Rio Grande do Sul. Por outro lado, Inter x Estudiantes, na outra semana, passará em rede nacional. A confirmação é do site do Galvão Bueno. Motivo: o pai do Cacá e do Popó é que transmitirá a decisão no Beira-Rio. http://www.papodebola.com.br/papodemidia/coluna/20081124.htm


OUTRO CANAL
Daniel Castro

TV de Lula faz um ano sem conteúdo, sinal e público
A TV Brasil completa um ano no dia 2 ainda longe de ser a rede pública nacional que o presidente Lula imaginou. Apesar do orçamento de R$ 350 milhões, pomposo para o padrão de TV pública, a emissora é traço no Ibope, tem cobertura restrita e depende de programação que herdou da TVE.
Em São Paulo, principal mercado do país, seu sinal só chega dia 1º, e apenas para quem tem receptor de TV digital. O canal analógico só deverá ser inaugurado em março ou abril. A TV Brasil teve problemas com a importação de transmissores e, depois, com interferências causadas por seus canais.
Hoje, o sinal aberto da TV Brasil só cobre Rio, Brasília e São Luís, além de parabólicas.
Segundo Tereza Cruvinel, presidente da emissora, esse quadro vai mudar em 2009. Serão 39 novas retransmissoras e pelo menos quatro horas de sua programação em TVs públicas de todo o país (menos Cultura).
A TV sofreu para lançar programas. “Não investimos mais porque não tínhamos equipamentos. Estamos licitando mais de R$ 100 milhões em equipamentos”, diz Cruvinel.
A compra de conteúdo independente esbarrou na burocracia, porque empresas públicas têm de realizar processos licitatórios. “Estamos há mais de seis meses tentando comprar um programa independente, a “Revista África'”, lamenta.
Cruvinel afirma que o “desafio” da TV Brasil é combinar “agilidade” com “legalidade”. Ela tenta enquadrar como modalidade de concorrência o pitching, processo usado na TV paga para selecionar projetos.
No Ibope, a TV Brasil não aconteceu. No Rio, sua média diária nos últimos meses foi de 0,4 ponto, ou seja, traço. Cruvinel contesta. “Não é justo considerar a audiência do Rio de Janeiro, porque lá a TV Brasil não foi um fato novo”, diz, argumentando que é preciso “aferir o “Repórter Brasil”, que é um produto que lançamos”.
O telejornal, entretanto, não aparece na lista dos dez programas da TV Brasil mais vistos no Rio no início deste mês. Nesse ranking, só um, o “Programa de Cinema”, líder, com 1,52 ponto, é criação da nova TV pública.

ESTATUETA
Ao lado do ator sueco Marcus Schenkenberg, Malu Mader irá anunciar um dos vencedores do Emmy Internacional artístico, hoje em Nova York. Será o da categoria “non-scripted entertainment”, na qual concorre o “CQC” argentino, original.

SHOW DE IRONIA
Internautas realizaram uma bem-humorada votação dos “melhores” do SBT em 2008. O prêmio de “melhor telejornal” saiu para a série “Eu, A Patroa e As Crianças”. O “Olha Você” venceu como “melhor infantil”.

TELENOVELA
Consultor da Globo e doutor no assunto, Mauro Alencar tenta trazer o Congresso Mundial da Indústria da Telenovela e Ficção para o Brasil. Neste ano, o evento ocorre em Buenos Aires, a partir de quarta. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq2411200804.htm


Wilker na telona
José Wilker, o grande ator, vai dirigir e protagonizar o longa “Prendam Giovanni Improtta”, baseado em livro de Aguinaldo Silva com o mesmo título.
Aguinaldo usou o personagem, lembra?, na novela “Senhora do destino”, da TV Globo, vivido pelo próprio Wilker.
O longa será produzido por Cacá Diegues. O roteiro é de Rafael Dragout e Mariana Wilker, filha do ator-diretor. http://www1.oglobodigital.com.br/flip/?idEdicao…celmo&origem=


Ator engorda para viver Lula jovem
Tay Lopes engordou seis quilos dos dez que prevê ganhar até o início do ano que vem. Entrou em uma turma do Senai em São Paulo para aprender torno mecânico, está deixando a barba crescer, vai a reuniões de sindicatos e vê vídeos sobre as greves do final dos anos 70.
Treina fazer a língua presa, mas apenas vez ou outra, para não soar uma caricatura da figura que irá interpretar em seu segundo trabalho no cinema. Aos 29 anos, o ator recifense precisa ficar parecido com o presidente Lula até janeiro de 2009. Ele será Luiz Inácio Lula da Silva dos 18 aos 35 anos no filme “Lula, O Filho do Brasil”, de Fábio Barreto.
Desde a seleção para o papel, Lopes vive um “intensivo” que inclui, além de aprender a ser torneiro mecânico, aulas de musculação, encontros com uma nutricionista e estudos sobre a vida do presidente. O ator está lendo agora o livro de Denise Paraná, que tem o mesmo título e inspira o roteiro do longa-metragem. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq2411200812.htm


RECOMEÇO
Junior Lima com os integrantes de sua nova banda, Nove Mil Anjos: da esquerda para a direita, Perí, Champignon e Peu
Um ano depois de anunciar o fim da dupla com sua irmã, Sandy, Junior Lima lança nesta semana o álbum de estréia de sua nova banda, a Nove Mil Anjos, formada pelos músicos Peu (ex-Pitty), Champignon (ex-Charlie Brown Jr.) e o vocalista Perí; o primeiro show deve acontecer só em janeiro, no Guarujá.

FILHO DE PEIXE
O ator Leonardo Medeiros já tem um herdeiro artístico: o filho dele, Antonio, é um dos protagonistas de “Insolação”, o filme de estréia de Felipe Hirsch. O menino de 13 anos interpreta Wladimir, que se apaixona pela personagem de Leandra Leal. E aparece com o pai em uma das cenas do longa.

BIBLIOTECA VIRTUAL
A Imprensa Oficial vai lançar no ano que vem um hotsite da coleção Aplauso, que reúne biografias de personalidades do cinema, teatro e TV. O texto integral das obras será disponibilizado, além de fotos e entrevistas dos autores e dos homenageados. Na primeira leva estão títulos como “Rir ou Chorar”, de Rodrigo Capella, sobre o cineasta Ricardo Pinto e Silva.
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq2411200807.htm

Roger Moore lança biografia e admite que já inventou muita história
Depois de 60 anos de carreira, o eterno James Bond, Roger Moore, 81, admite que às vezes conta algumas “mentirinhas”. Mas isso não deve impedir ninguém de comprar sua autobiografia, ‘My Word is My Bond’, que está cheia de histórias — inventadas ou não — sobre sua vida nos palcos, na TV e no cinema.
“Quando fazia o 007, tinha centenas de jornalistas, eu ouvia as mesmas perguntas 400 vezes e pensava em diferentes respostas. Então, eu criei toda uma história sobre roubar toalhas de hotel. Falei muitas coisas sem sentido”, admite. http://odia.terra.com.br/cultura/htm/roger_moor…storia_214496.asp

Wagner Moura estréia ‘Hamlet’ no Rio em março
Wagner Moura é só alegria. Por conta do sucesso, o espetáculo ‘Hamlet’, que encerraria temporada em São Paulo em outubro, ficará em cartaz até fevereiro. A peça só estréia no Rio em março, quando entra em cartaz no Teatro Casa Grande. http://odia.terra.com.br/cultura/htm/wagner_mou…_marco_214492.asp

Rosa Passos participa do ‘Som Brasil’ em homenagem a Tom Jobim
A cantora baiana Rosa Passos, de fama internacional, participa do ‘Som Brasil’ em homenagem a Tom Jobim, sexta-feira, depois do ‘Programa do Jô’. Canta ‘Retrato em Branco e Preto’, ‘Águas de Março’ e ‘Você vai Ver’. http://odia.terra.com.br/cultura/htm/rosa_passo…_jobim_214493.asp


‘Gosto de carninhas pra pegar’
Ex-Miss Brasil Natália Guimarães abre o jogo e diz que não gosta de homens que ‘deixam de comer uma comida gostosa por causa do açúcar’


Thiago Lacerda está pronto
Ator diz estar preparado para entrar e alavancar a audiência em ‘Negócio da China’ e se prepara para ousadia no teatro

FILMES

Alerta Máximo SBT, 14h15. (Killer Flood – The Day the Dam Brooke). EUA, 2003. Direção: Doug Campbell. Com Bruce Boxleitner, Joe Lando, Matthew Ewald.
Dois fenômenos cruzados: o aumento das águas de uma represa por efeito chuvas; um empresário malvado que dispensa o arquiteto responsável pela represa. O conjunto dos dois fenômenos coloca uma cidade em perigo. Feito para TV.

Recém-Casados Globo, 16h15. (Just Married). EUA/Alemanha, 2003, 95 min. Direção: Shawn Levy. Ashton Kutcher, Brittany Murphy, Christian Kane.
Depois que se casa contra a vontade dos pais, garota (Murphy) enfrentará um contratempo extra na lua-de-mel européia: o ex-namorado enviado pelo velho exclusivamente para jogar areia no matrimônio. Comédia para passar o tempo, se tanto.

Rei Arthur Globo, 22h15. (King Arthur). EUA/Inglaterra, 2004, 126 min. Direção: Antoine Fuqua. Com Clive Owen, Keira Knightley, Ioan Gruffudd, Stellan Skarsgard.
O rei Arthur que se pode esperar não é o que Fuqua entrega. Não há Santo Graal, nem cavaleiros encantadores, nem triângulo amoroso com Guinevere e Lancelot. Mas se busca retirar do mito o mito, ou seja, as convenções, o filme lhe restitui as convenções cinematográficas do filme medieval contemporâneo. Inédito.

Olga Globo, 2h20. Brasil, 2004, 141 min. Direção: Jayme Monjardim. Com Camila Morgado, Caco Ciocler, Fernanda Montenegro, Werner Schunemann.
Aceitemos a premissa: se a única coisa que dá certo no Brasil é novela, por que não transformar a vida de Olga Benário numa delas? Ok. O filme poderia se mirar, por exemplo, nos antigos dramalhões mexicanos. Mas não. Não bastava ter 50 anos de atraso. Era preciso ainda desenvolver uma dramaturgia sem estrutura, uma “mise-en-scène” imitando os anos 40 do século passado, fazer do chororô um fim em si e tudo mais. Em suma, “Olga” é um sintoma quase precioso de nosso atraso, de nossa ínfima convivência com as letras, de nossa ignorância cinematográfica. (IA) http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq2411200802.htm

ESPORTE

14:00 – Futebol, Campeonato Holandês: PSV Eindhoven x Heracles – ESPN BRASIL (VT)

20:00 – Futebol, Campeonato Argentino: San Martin x Boca Juniors – SPORTV (VT)

21:00 – Futebol, MLS: New York Red Bulls x Columbus Crew – ESPN (VT)

22:00 – Vôlei de Praia, Banco Cruzeiro do Sul Challenge: jogo não informado – BANDSPORTS

23:30 – Futebol Americano, NFL: New Orleans Saints x Green Bay Packers – ESPN http://www.papodebola.com.br/papodemidia/coluna/20081124.htm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: