Com linguagem teatral “Capitu” estréia oscilando na audiência
A nova minissérie da TV Globo, “Capitu”, de Luiz Fernando Carvalho, deve causar o mesmo estranhamento de “Hoje É Dia de Maria” (2005), do mesmo diretor. Assim como na produção anterior, Carvalho apostou na estética teatral para contar a história baseada no livro “Dom Casmurro”, do escritor Machado de Assis.
Essa linguagem pode ser a responsável pela oscilação na audiência da atração, que ficou por dez minutos atrás da TV Record, que no mesmo horário exibiu a fase decisiva de “Ídolos”.
“Capitu” começou com uma viagem de trem que percorria a cidade do Rio de Janeiro moderna e a do século 19 sob uma trilha sonora inusitada: um solo distorcido de guitarra. Essas cenas se fundiram e dois personagens de época surgiram na tela conversando em um trem grafitado.
Era a senha para desvendar a estética do seriado: o moderno e o antigo se fundiriam para contar, na TV, um dos maiores clássicos da literatura brasileira.
Também como em “Hoje É Dia de Maria”, o seriado tem um narrador. No caso, a história é contada pela versão adulta e estilizada de Bentinho, interpretado por Michel Malamed.
O moderno e o novo também é explorado nas cores do seriado e na trilha sonora. O tom amarelado e sombreado da minissérie –que lembra a estética dos filmes noir– tem o rock como música de fundo.
A tatuada Capitu, interpretada na juventude por Letícia Persiles, se veste ao som de “God Save The Queen”, da banda punk Sex Pistols.
Escrito por Euclydes Marinho, o roteiro de “Capitu” tem a proposta de ser fiel ao que foi produzido por Machado de Assis. Os diálogos foram preservados e, os episódios, divididos em pequenos capítulos, conforme o livro.

Primeiro capítulo

No primeiro capítulo –dividido em três blocos–, os personagens principais são apresentados. É aqui que atriz Eliane Giardini –mãe do adolescente Bentinho (César Cardadeiro) –planeja internar o filho em um seminário para afastá-lo de Capitu.
A atração não atraiu o público no início, que preferiu mudar de canal ao término de “Casseta & Planeta Urgente”. Nos dez primeiros minutos da minissérie, a Record ficou na liderança, mas Capitu terminou na frente, com 15 pontos de audiência.
A estética de Carvalho –ainda inovadora para a TV brasileira– pode responder pela audiência oscilante. A mistura de teatro com o moderno e o antigo pode causar desconforto nos telespectadores acostumados com narrativas mais tradicionais. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u477338.shtml


Prévias exclusivas: “Chamas da Vida” conquista momentos de liderança contra a estréia de “Capitu”
É notável que a novela “A Favorita” é beneficiada no relatório consolidado do Ibope. A trama das oito, da Globo, às vezes, consegue até 2 pontos em relação à prévia. É com exclusividade que o site “O Planeta TV!” informa que nos índices prévios desta terça-feira (09/12), a novela conquistou uma média de 42 pontos. O destaque do capítulo foi à cena em que Alicia (Taís Araujo) é atingida por uma bala perdida. Ainda na Globo, a estréia da microssérie “Capitu” beneficiou à TV Record, que chegou a conquistar alguns minutos de liderança com a novela “Chamas da Vida”.
É importante ressaltar que no período em “Capitu” foi exibida, das 22h57 às 23h48, a Globo liderou com 17 pontos contra 16 da Record.
No SBT, o segundo capítulo de “Revelação” manteve a audiência de estréia. Veja as médias com base nos índices prévios do Ibope na Grande São Paulo, que servem como referência para o mercado publicitário:

A Favorita – 42
Capitu – 17
Os Mutantes – 12
Chamas da Vida – 17 com picos de 19 (líder por 25 minutos não consecutivos)
Pantanal – 14
Revelação – 9 com picos de 11

Cada ponto no Ibope representa cerca de 55,5 mil domicílios.
http://www.oplanetatv.com.br/noticia/6739.html


ZAPPING
Fabíola Reipert

Íris Abravanel se irrita com horário de novela
Por um lado, a estréia de “Revelação” foi motivo de festa, no SBT, pela sua alta audiência (média de 9 pontos no Ibope com picos de 15). Por outro, houve descontentamento em relação ao horário de exibição: 23h15. A autora Íris Abravanel, mulher de Silvio Santos, queria que a sua novela tivesse entrado às 22h30, conforme o SBT divulgou.
(Colaborou Miguel Arcanjo Prado)

Falhas no SBT
Problemas técnicos, como falha no áudio, causaram mal-estar no SBT. Quem estava lá viu Gugu jogar fichas no chão, na hora do intervalo. Além disso, vazou, no ar, uma bronca do diretor dele, Homero Salles, na produção. Homero nega. “Não houve estresse nenhum”, diz ele.

Segundo lugar
Por falar em Gugu, ele deu média de 14 pontos no Ibope, em novembro, contra 12 da Record e 21 da Globo. Chegou a passar o “Fantástico”.

De volta
Marcello Novaes voltou a gravar “Três Irmãs”, ontem, na Globo, após ser agredido em boate no Rio. Ele fez cirurgia plástica no rosto e ficou uns dias afastado. Marcelo gravou com curativo. Seu personagem, Sandro, vai aparecer no hospital depois de sofrer acidente de carro.

Livro
O repórter Márcio Campos, da Band, lança hoje “A tragédia de Eloá”, sobre a cobertura do caso Eloá na imprensa. http://www1.folha.uol.com.br/agora/zapping/za1012200801.htm


Patrícia Pilar e CQC levam prêmio de melhores do ano pela APCA
A APCA (Associação Paulista dos Críticos de Artes) escolheu na noite de segunda-feira (8) os melhores artistas de 2008 em dez diferentes categorias, como cinema, dança, literatura e televisão.
Na TV, o “CQC”, da Band, levou o prêmio de melhor programa de humor, enquanto Patrícia Pillar ficou com o prêmio de melhor atriz por sua atuação em “A Favorita”.
No cinema, o filme “Linha de Passe”, de Walter Salles e Daniela Thomas, e “Serras da Desordem”, de Andrea Tonacci foram considerados os melhores do ano. Já no teatro, Marco Nanini foi escolhido como melhor ator por “O Bem Amado” e Denise Fraga ficou com prêmio de melhor atriz pela peça “A Alma Boa de Setsuan”.
Em literatura, “Flores Azuis” (Cia. Das Letras), de Carola Saavedra, foi eleito o de melhor romance do ano. Em poesia, o premiado “Anima Animalis” (Letra Selvagem), de Olga Savary e Marcelo Frazão.
Já o “O Santo Sujo” (Cosac Naify) venceu na categoria biografia. O livro, do escritor e jornalista Humberto Werneck, é sobre o músico e compositor Jayme Ovalle (1896-1955), que influenciou Manuel Bandeira, Villa-Lobos, Gilberto Freyre, Fernando Sabino e Vinicius de Moraes.

Segue, abaixo, a lista dos vencedores:

Televisão

Atriz: Patrícia Pillar – “A Favorita” (Globo)
Ator: Guilherme Weber – “Caros Amigos” (Globo)
Autor: João Emanuel Carneiro – “A Favorita” (Globo)
Esporte: “A Copa do Mundo É Nossa” (ESPN Brasil)
Humor: “CQC” (Band)
Musical: “Por Toda Minha Vida” (Globo)
Série: “9mm” (Fox)

Cinema

Atriz: Djin Sganzerla – “Meu Nome é Dindi”
Ator: Gustavo Machado – “Olho de Boi”
Filme: “Linha de Passe” – Walter Salles e Daniela Thomas
Filme: “Serras da Desordem” – Andrea Tonacci
Montagem: Carlos Prates Castelar e Nelson Dantas – “No País dos Generais”
Roteiro: Carlos Reichenbach – “Falsa Loura”
Prêmio Especial do Júri: “Pan-Cinema Permanente” – Carlos Nader

Música Popular

Cantora: Nina Becker
Cantor: Zé Renato
Disco: “Nova Estação” – Wanderléa
Grupo: Choro das 3
Instrumentista: Victor Lopes
Revelação: Vitor Araújo
Show: “Palavra Cantada”

Música Erudita

Especial: Júlio Medaglia
Grande Prêmio: Trio Images
Obra Vocal: “Missa de Edmundo Villani-Côrtes”
Obra Experimental: “Cadências para Piano” – Orquestra de Guilherme Bauer
Personalidade: Vasco Mariz
Projeto Musical: Banda Sinfônica do Exército e Maestro Benito Juarez
Revelação: Allan Grando

Artes Visuais

Exposição Internacional: “Papiers à La Mode” – Isabelle de Borchgrave (FAAP)
Exposição: “Momentos de Luz” – Almir Mavignier (Dan Galeria)
Fotografia: “Coleção Princesa Isabel” – “Fotografia do Século 19” (Editora Capivara) Pedro e Bia Correa do Lago
Grande Prêmio da Crítica: Frans Krajcberg – “MAM 60 anos” (OCA)
Iniciativa Cultural: Instituto Tomie Ohtake – pelas exposições
Obra Gráfica: Sérgio Fingermann – “Gravura, Trama de Sombras” (Editora Bei)
Retrospectiva: Antonio Bandeira – “Pinakotheke Galeria”

Dança

Concepção em Dança: “Hagoromo” – Emilie Sugai e Fábio Mazzoni
Coreógrafo: Bruno Beltrão (H2)
Formação, Difusão, Produção e Criação em Dança: Núcleo Artérias – Adriana Grechi – Fronteiras Móveis e 10 Festival Contemporâneo de Dança
Intérprete Revelação: Leandro Berton (Peter Pan e Revisita)
Percurso em Dança: João Saldanha (Monocromos)
Pesquisa em Dança: Associação Desaba pela produção 2008 – Pocket Show (Cristian Duarte, Thelma Bonavita e Thiago Granato), Eletroquímicos Baby (Cristian Duarte e Thelma Bonavita) e Cornélia Boom (Cristian Duarte e Sheila Arêas).
Política Pública em Dança: Núcleo do Dirceu – Marcelo Evelin, Teresina (PI)

Literatura

Biografia: “O Santo Sujo” (Cosac Naify) – Humberto Werneck
Ensaio: “A Construção do Gosto” (Ateliê) – Maurício Monteiro
Poesia: “Anima Animalis” (Letra Selvagem) – Olga Savary e Marcelo Frazão
Reportagem: “O Livro Amarelo do Terminal” (Cosac Naify) – Vanessa Bárbara
Romance: “Flores Azuis” (Cia. Das Letras) – Carola Saavedra
Memória: “Memórias Inventadas – A Terceira Infância” (Planeta) – Manoel de Barros
Tradução: Paulo Bezerra e Irmãos Karamazov, Dostoievski

Rádio

Grande Prêmio da Crítica: “Escola Voluntária” – Bandeirantes AM
Humor: “Rádio Matraca” – USP FM
Internet: “Rádio Heineken”
Musical: “Sala de Música” – CBN
Programa ao Vivo: “Grandes Encontros” – Eldorado FM
Revelação: “Pajero Sport Specials” – Mitsubishi FM
Variedades: “Caminhos Alternativos” – CBN

Teatro Infantil

Ator: Sidnei Caria – “As Aventuras de Bambolina”
Atriz: Ana Luisa Lacombe – “O Conto do Rumo Distante”
Autor: Marcelo Romagnoli – “Sapecado”
Direção: Kleber Montanheiro – “Sonho de Uma Noite de Verão”
Direção Musical: Armando Escrich – “Senhor Dodói”
Espetáculo: “Sapecado”
Figurino: Léo Diniz – “O Poeta e as Andorinhas”

Teatro

Ator: Marco Nanini – “O Bem Amado”
Atriz: Denise Fraga – “A Alma Boa de Setsuan”
Autor: Jandira Martini – “O Eclipse”
Diretor: Luiz Fernando Marques – “Arrufos”
Espetáculo: “A Alma Boa de Setsuan”
Grande Prêmio da Crítica: José Renato (carreira teatral)
Prêmio Especial: Nicette Bruno e Paulo Goulart (Projeto Teatro nas Universidades)


OLÁ!
Odair Del Pozzo

Irene descobre a verdade sobre Flora
Depois de passar boa parte da novela sendo enganada por Flora (Patrícia Pillar), na reta final, Irene (Glória Menezes) vai descobrir as armações e os crimes da vilã de “A Favorita” (Globo). Tudo começa no dia 23 de dezembro, quando a socialite passa mal após ouvir as acusações que Lara (Mariana Ximenes) fará contra a mãe. Desconfiada, Irene seguirá a neta, que vai ver Donatela (Claudia Raia) na casa de Zé Bob (Carmo Dalla Vecchia). Será no apartamento do jornalista que Irene reencontrará Donatela, que julgava estar morta. Consternada com a revelação, a mulher de Gonçalo (Mauro Mendonça) vai ameaçar chamar a polícia para prender a mocinha. Donatela não vai se conter. Desabafará sobre o preconceito e as desconfianças de Irene e lembrará que foi a socialite quem trouxe Flora para a vida deles. Irene, então, resolve investigar as acusações e, escondida no apartamento da vilã, vai ouvi-la confessando todos os seus crimes para Silveirinha (Ary Fontoura).

Salsa e trabalho
Adriane Galisteu almoça hoje com Elisabetta Zenatti, diretora da Band. No menu, o formato do programa da loira na emissora.

Sobremesa
Adriane vai falando: “Não vejo a hora de estrear. Aliás, minha vida tem sido só de ensaios: teatro, escola de samba e televisão”. A loira só faltou falar do namoro…

Louros e gafes
Na festa de uma editora, José Alencar dedicou sua fala a Patrícia Pilar. Depois, esqueceu-se do nome de Eduardo Paes, prefeito eleito do Rio. Foi aplaudido.

Lento, mas fino
Eduardo Suplicy dançou com Elba Ramalho. Depois, disse que ela é maravilhosa. Ahhh.

Quase lá
Solange Couto já está preparando a papelada de exames que a Globo exige para ela voltar a gravar. Ótimo.

Olha a fila
Mais de 200 pessoas foram ao lançamento do livro de Alberto Luchetti, no Espaço Nobre. Zulaiê Cobra compareceu. Só faltou o Faustão…

Louca da vida
Patrícia Bündchen diz que Gisele não vai se casar nada.


CANAL 1
Flávio Ricco

O mercado da religião
Crise, que nada. Enquanto o mundo tira o pé, ainda sem saber como a vida vai ficar ou quais serão as verdadeiras conseqüências de mais essa reviravolta na economia, as igrejas do Brasil continuam vivendo nababescamente e num planeta bem diferente do nosso. Vivendo e atacando como se nada estivesse acontecendo.
A Igreja Mundial do Poder de Deus, aquela mesma do Valdemiro e que loteou toda a rede 21 da Bandeirantes, agora fechou negócio com a Rede Mercosul do Paraná. E com igual violência. Já é responsável pela programação na faixa de horário que vai das 6 da tarde até as 12 horas do dia seguinte. Uma festa.
Isto, importante deixar bem claro, com a bênção dos nossos governantes, que às vezes reclamam da baixa qualidade das programações, mas jamais se atrevem interferir naqueles que poderão ser redutos de seus votos.
Dá até dó ver o que está virando esse negócio chamado televisão no Brasil. Impossível saber onde tudo isso vai parar. Se é que vai parar.

TV Tudo: Exclusiva
Ontem, no final da tarde, diretores da Rede Record e Globosat assinaram o contrato, que repassa os direitos de transmissão da Olimpíada de 2.012, em Londres, na tevê fechada. Último capítulo de uma longa novela. A comemoração foi grande na base da Globo, em São Paulo. Na verdade, uma vitória particular do diretor Alberto Pecegueiro.

Esperado encontro
Essa coluna não tem a pretensão de achar que provocou alguma coisa. Simples coincidência a nota de alguns dias, estranhando que isto ainda não tinha acontecido. Mas, finalmente hoje, no Projac, vai ocorrer o esperado encontro entre os autores da Globo com os diretores Manoel Martins e Ary Nogueira.

Que vergonha! – 1
Um campeonato brasileiro tão bem disputado merecia uma festinha melhor que aquela mostrada pelo SporTV, segunda-feira. Coisa nenhuma. Conseguiram fazer pior que a do ano passado, que já foi uma das mais lamentáveis em matéria de produção e organização. Quase uma façanha.

Que vergonha! – 2
Sei que na CBF dinheiro nunca foi problema e ela não gasta pouco com a festa, então, por que não fazer bem feito? Por que não convocar pessoas mais competentes? Ou, simplesmente, copiar a da Itália, por exemplo? Mas não, preferem investir no que é pior.

Que vergonha! – 3
Os artistas convidados, de duas, uma: ou são amigos ou parentes dos organizadores. Difícil acreditar que exista uma terceira opção. Luiz Salém, por exemplo, foi um que caiu de pára-quedas. Não sabe até agora o que era aquilo. O humorista Luiz Miranda, o mesmo de 2007, teve um ano para escrever um show melhor. Não conseguiu. Pior, conseguiu ser ainda mais sem graça.

Que vergonha! – 4
Tudo isso, além de outras coisas, que esta coluna se permite a não comentar. Valeu pela presença dos treinadores, jogadores, ex-jogadores – pessoal de 58, e só. E mais, para o nível (?) dessa festa ser completa, como diz meu amigo Vicente Limongi, de Brasília, só faltou escolherem o Dunga pra entregar o “bola murcha”.

Outra coisa
Jorge Benjor é sempre um número. Grande figura. Mas o seu show não muda há 30 anos. O repertório, idem, “Fio Maravilha” ainda é a mais novinha. O homenageado está quase se aposentando como entregador de pizza nos Estados Unidos.

Atraso permanece – 1
Lilia Cabral conversou com Ana Maria Braga, ontem, no “Mais Você”. Catarina, sua personagem, vai se separar de Leonardo (Jackson Antunes). A gravação acontece hoje, no Projac, e será exibida na próxima semana. Sem querer, Lília Cabral apenas confirmou o que muita gente já sabe: a novela não tem uma boa frente de capítulos.

Atraso permanece – 2
Essa situação vem desde o começo e já levou a Globo tirar o diretor Ricardo Waddington de “Malhação”, substituído por Marcos Paulo, para se dedicar exclusivamente a “A Favorita”. Porém, os trabalhos em estúdio e externas ainda não deslancharam. Mas vale destacar o bom momento da novela.

Avesso do avesso
É preciso, antes de tudo, saber o que o SBT espera de “Revelação”. Qual o objetivo? Em matéria de edição nervosa, nem a MTV chegaria a tanto. De quatro capítulos, na estréia, talvez buscando maior dinamismo, tentaram fazer um. Tentaram, só que ninguém está entendendo a história. Estão matando a novela da dona Íris. Estou com dó dela.

Sonhos
Ás voltas com o “Faça Sua História”, Camila Pitanga está nos sonhos de Gilberto Braga. Ele só volta em 2010.

Bate-Rebate

…A situação na Bandeirantes está tão complicada, que alguns já não sabem a quem pedir socorro.
…Ninguém tem idéia de quando a Teledramaturgia do SBT voltará a funcionar.
…O departamento, por causa das demissões realizadas, está quase às moscas.
…Poucos sobreviveram aos cortes, entre eles, o respeitado Henrique Martins, funcionários doentes ou que ainda estão em férias.
…O calor desses dias e a praia começam a ser apontados como causas de atrasos nas gravações da Globo.
…E tem ator facilitando. Nunca chega com o texto decorado.
…Excepcionalmente nesta quarta, tem “Toma lá Dá cá” na Globo.
…Aliás, com o fim do futebol, muita coisa deve mudar a partir de agora.
…O “Estação Globo”, com Ivete Sangalo, por exemplo, já estréia no próximo domingo.
…”Caçadores de Aventuras”, apresentado por Roque Malizia, nos domingos da Rede TV!, vai entrar na terceira temporada.

C´est fini

A novela “Revelação” vai sem breake comercial no SBT. Capítulos reduzidos. Por enquanto, nada oficial, mas circula nos bastidores que a Rede TV! é outra que poderá negociar mais alguns dos seus horários como uma igreja. Complicado. Amanhã tem mais. Tchau! http://www.tribuna.inf.br/canal1.asp


Oprah engorda quase 20 kg e fica furiosa
A apresentadora de TV Oprah Winfrey diz que está furiosa consigo mesma, e constrangida, por ter permitido que seu peso chegasse a 91 quilos.
A apresentadora, que em seu popular programa de TV vem falando há anos sobre seu esforço para combater seus problemas com o peso, é mostrada na edição de janeiro de “O, The Oprah Magazine”, ao lado de uma imagem dela mesma mais magra no passado.
A legenda de capa da revista diz: “Como fui deixar isso acontecer de novo?”.
“Estou furiosa comigo mesma”, diz Oprah no artigo da revista, lançada na terça-feira. “Estou sem jeito. Não acredito que ainda estou falando sobre meu peso, depois de todos esses anos.”
No artigo, ela descreve como seu problema de tireóide contribuiu para seu peso, que passou de 72,5 quilos dois anos atrás para 91 quilos hoje.
“No ano passado eu tinha praticamente desistido de mim mesma”, diz ela.
Mas Oprah também observa que muitas de suas fãs sofrem de problemas de peso recorrentes e diz que pretende usar esse fato como ponto de partida para uma semana de programação em seu programa, no Web site www.Oprah.com e em seu programa de rádio via satélite.
A semana será intitulada “Semana de Melhor Vida de Oprah” e virá num momento em que muitas pessoas fazem resoluções para o ano novo.
A semana começará em 5 de janeiro no “The Oprah Winfrey Show”, com um programa dedicado a problemas de peso. Nos dias seguintes a apresentadora mergulhará em questões de saúde, espiritualidade, finanças pessoais e relacionamentos. Oprah disse que pretende falar sobre como voltar a entrar num regime para perder peso em 2009. http://oglobo.globo.com/cultura/revistadatv/mat…osa-586921647.asp


RTP quer produzir ficção com o Brasil
A televisão estatal portuguesa, RTP, tem interesse em co-produzir com a TV brasileira, preferencialmente séries de ficção, mas eventualmente outros formatos, como documentários. A emissora já tem conversações com a TV Brasil, mas nenhum projeto concreto até agora, conta José Fragoso, diretor de programas da RTP.
A estatal portuguesa faz poucas aquisições do Brasil. São principalmente filmes, que a emissora programa com regularidade. “Passamos muito mais filmes brasileiros que portugueses”, observa o executivo. A RTP compra também shows musicais, e nada indica que vá aumentar seu portfolio de aquisições no Brasil.
Por sua proximidade com as ex-colônias, a TV portuguesa será uma das principais articuladoras do programa DocTV CPLP, cuja realização deve se dar ao longo de 2009, conforme mostra matéria na revista TELA VIVA de dezembro, que circula a partir da próxima semana. http://www.telaviva.com.br/News.asp?ID=107996


Anatel aprova compra da Big TV pela Net
O Conselho Diretor da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) concedeu hoje a anuência prévia para a compra do controle acionário da Big TV pela Net Serviços. Segundo a relatora do projeto, conselheira Emília Ribeiro, o processo estava correto, o que evitou a necessidade de estabelecimento de condicionantes. A Net somente terá que renunciar às licenças em duplicidade.
A Net Serviços anunciou em dezembro do ano passado a aquisição da Big TV, operadora de TV por assinatura e banda larga, que atua nas cidades de Guarulhos (SP), Valinhos (SP), Botucatu (SP), Jaú (SP), Sertãozinho (SP), Marília (SP), Ponta Grossa (PR), Cascavel (PR), Cianorte (PR), Guarapuava (PR), Maceió (AL) e João Pessoa (PB).
A Big TV tem como sócias as empresas Alusa – Companhia Técnica de Engenharia Elétrica e Coax Telecomunicações, além de outros acionistas e quotistas. Possui cerca de 88 mil assinantes de TV por Assinatura e 56 mil assinantes de internet banda larga, com uma rede de 3 mil Km que cobre 409 mil de domicílios. A receita líquida anualizada da Big TV totalizou R$ 102 milhões no ano passado, com uma margem de 40%, segundo informações da Net. http://www.telesintese.com.br/index.php?option=…578&Itemid=10

Ir ao Topo    Voltar ao topo  Ver o perfil de UsuáriosEnviar Mensagem ParticularResponder com Citação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: