Confira os piores de 2008.

A programação de 2008 foi marcada por alguns deslizes das emissoras, de modo geral. Confira a relação dos piores de 2008.

PIOR NOVELA: Água na Boca

A Rede Bandeirantes insistiu em produzir telenovelas em um mercado já saturado. “Água na Boca” foi uma tentativa frustrada de tentar colocar a Band em um modelo de programação semelhante a Globo, Record e SBT (novelas+jornalismo+variedades). O enredo foi mal idealizado ao valorizar a culinária de outros países; as personagens não tinham carisma; e a trama passou por reviravoltas para tentar chamar a atenção do telespectador. Novela sem sal.

PIOR ATOR: Thiago Gagliasso

A Rede Record cometeu um grave equívoco ao esticar “Caminhos do Coração” e ainda por cima criar a segunda temporada de “Os Mutantes – Caminhos do Coração”. Por conta disso, o autor Tiago Santiago criou constantemente novos seres para passar a imagem de novidade em uma novela arrastada. Dentro desse contexto, surgiu o ator Thiago Gagliasso que não evoluiu em relação ao trabalho anterior (“Luz do Sol”). Thiago interpreta Gaspar. O mutante, inicialmente, não falava. O ator andava sem camisa para chamar a atenção, principalmente, das telespectadoras. O aspecto físico se sobressaiu. Depois, começou a falar. O desempenho piorou, se isso é possível.

PIOR ATRIZ: Bianca Castanho

Para a atriz , qual é a diferença entre Cristal, Esmeralda e a recente Antonia, de “Amor e Intrigas”? Nenhuma. Bianca passou a imagem de que as três personagens são irmãs gêmeas no vídeo. Sem mudanças até mesmo no tom e nuances de voz.

PIOR APRESENTADOR: Luiz Bacci

O jovem Luiz Bacci mandou mal no comando do programa “Aqui Agora”. Ele não conseguiu transformar os anseios da população em seus discursos e postura. O SBT também errou ao escalar o jovem rapaz para a função.

PIOR PROGRAMA HUMORÍSTICO: Show do Tom

O programa “Show do Tom” explorou estereótipos contra minorias em muitos quadros que seriam supostamente de humor. Além disso, tentar transformar Tom Cavalcante em apresentador é um erro de percepção da Record.

PIOR LOCUTOR ESPORTIVO: Cleber Machado

Cleber Machado, neste ano, merece um “puxão de orelha”. Ele narrou diversas partidas do Corinthians. É notório que o locutor torce para o êxito do Timão. Na final da Copa do Brasil, por exemplo, Cleber narrou a consagração do Sport Recife em um clima de velório. Seria por que o Corinthians daria mais audiência na Libertadores 2009 para a TV Globo? O fenômeno passou também na cobertura do Brasileiro Série B.

PIOR PROGRAMA JORNALÍSTICO: “SBT Repórter”

O programa “SBT Repórter” reprisou matérias de 10 anos atrás. Reportagens de Maria Cândida e até de Marilia Gabriela foram reprisadas no jornalístico do SBT que cheira a naftalina. Até apareceu, em uma matéria, os velhos orelhões da TELESP!

PIOR APRESENTADORA: Daniella Cicarelli

Daniella Cicarelli mostrou insegurança no comando do programa “Quem Pode Mais?”. Isso provocou a percepção para o telespectador de que ainda a moça não está preparada para encarar a “famosa” guerra dominical. Além disso, o desempenho no “Grammy Latino” também não foi dos melhores. É mais uma modelo que tenta se transformar em apresentadora…

PIOR PROGRAMA INFANTIL: Excesso de Pica-Pau

A ausência de programas infantis nas grades de programação das emissoras se fortaleceu em 2008. Apesar disso, a Rede Record abusou do desenho Pica-Pau. Era a tarde, noite, sábado, domingo….

PIOR PROGRAMA DE VARIEDADES/FOFOCA: “A Tarde é Sua”

O programa da Sonia Abrão, “A Tarde é Sua”, explorou a exaustão diversos casos com o viés sensacionalista. O programa deixou de lado o “BBB8” no início do ano, mas explorou, em todos os ângulos, o caso Isabella. Eram horas e horas em um debate sobre o mesmo assunto. Além disso, os merchandisings entupiram o programa. Pautas sobre violência também passaram por lá. “A Tarde é Sua” mostrou a atual situação da programação vespertina. É melhor desligar a tv. Não há boas opções na faixa horária.

PIOR PROGRAMA DOMINICAL: “Quem Pode Mais?”

O programa “Quem Pode Mais?” não conseguiu um bom desempenho na guerra dominical pela audiência. O velho esquema meninos versus meninas não encantou. A insegurança da apresentadora também comprometeu a melhor performance da atração. Cica, que tinha uma imagem de mulher moderna, encarou um programa com formato batido.

PIOR SÉRIE: “Dicas de um Sedutor”

A série “Dicas de um Sedutor” seduziu poucos telespectadores. O ator Luiz Fernando Guimarães passou a imagem de sempre. O consultor Santiago remeteu lembranças de outros personagens que o próprio ator já interpretou na faixa das 23 horas, às sextas-feiras, na TV Globo.

FIASCO DO ANO: “Aqui Agora”

O SBT apostou na volta do “Aqui Agora” como a solução de todos os problemas na faixa complicada das 18 horas. Apesar disso, o telejornal, sem uma linha editorial bem definida e sem compromisso popular, naufragou. A emissora, mais uma vez, olhou para trás para tentar recuperar a vice-liderança. Resultado: o programa ficou no ar, apenas, em um mês.

PIOR PROGRAMA DA TELEVISÃO BRASILEIRA: “1001 noites”

A CNT é uma emissora de difícil compreensão. Pra que existe a CNT? Qual o motivo de sua existência? A programação é recheada de produções independentes e infomerciais que acrescentam em nada ao telespectador. O programa ícone desta fase se intitula “1001 noites”. Leilão de jóias, tapetes, quadros….O programa não se preocupa em trazer uma linguagem que desperte a mínima curiosidade do público. A produção praticamente inexiste. O programa funciona como um sonífero para os insones.

fonte: Fabio TV

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: