Mais da tv


TV via satélite da Telefônica é alvo de piratas
Inaugurada no ano passado, a Telefônica TV Digital -transmitida via satélite, com 280 mil assinantes no Estado de São Paulo- é alvo de piratas. Os códigos que liberam o acesso aos canais pagos foram decifrados por hackers.
A empresa soube da ação dos hackers há seis meses, mas vinha tratando o problema em sigilo. Há cerca de três semanas, a informação chegou à ABTA (Associação Brasileira de Televisão por Assinatura) e ao Seta (Sindicato das Empresas de TV por Assinatura).
O serviço de TV por satélite da Telefônica é protegido pelo sistema de criptografia (codificação de sinais) Nagra 2, desenvolvido pela empresa Nagravision, da Suíça. Os hackers violaram o Nagra 2 e, em conseqüência, os canais distribuídos pela Telefônica puderam ser acessados gratuitamente.
O diretor do serviço da Telefônica para a América Latina, Pedro Luis Planas, disse à Folha que a empresa e a Nagravision já conseguiram dificultar a ação dos piratas, mas esperam ter uma solução definitiva para o problema em um mês.
Ele poderia ser solucionado com a troca dos cartões inteligentes -que contêm a senha para acesso aos canais pelo satélite- existentes dentro dos receptores, nas casas dos assinantes. Mas a empresa avalia que o problema ainda é pequeno e está sob seu controle e decidiu esperar que a Nagravision chegue a um software que feche a porta para os hackers.
Os canais são captados gratuitamente pelo receptor Azbox, de fabricação supostamente coreana, lançado recentemente. O equipamento tem alta capacidade de processamento e memória e foi projetado para receber os canais abertos de televisão disponíveis nos satélites. Os hackers divulgam pela internet os códigos de acesso aos canais pagos, que estão no satélite Amazonas. Os dados são transferidos para o receptor por pen drive.
A equipe antipirataria da Telefônica descobriu o problema por acaso. A Nagravision não informou a empresa sobre a violação, porque contava em solucionar o problema rapidamente, o que não aconteceu. Segundo Planas, o código de acesso aos canais está sendo trocado uma vez por semana, para dificultar a ação dos piratas. Nas primeiras mudanças, os novos códigos eram decifrados pelos hackers em poucas horas. Na semana passada, precisaram de dois dias.
A Telefônica calcula que a proporção de acesso pirata em sua base de assinantes seja ainda pequena. Ela tem rastreado a importação dos receptores na América Latina e concluiu que 10 mil caixas da marca Azbox entraram no Brasil por intermédio do Uruguai.

Venda

A reportagem da Folha conversou com vendedores nas cidades de Santos e de Barretos, ambas no Estado de São Paulo. Os receptores são oferecidos a partir de R$ 500, com promessa de entrega pelos Correios.
A quebra dos códigos afetou todas as operadoras de TV via satélite usuárias do sistema Nagra, e não só a Telefônica. Entre as afetadas, está a segunda maior operadora de TV via satélite dos EUA, a Echostar.
A DirecTV (atual Sky) teve seu sistema de codificação, conhecido pela sigla NDS, concorrente do Nagra, violado por piratas em 2000. Na época ela trocou os cartões inteligentes de todos os assinantes.
Alguns operadores temem que a Justiça considere o receptor desbloqueado como inovação tecnológica, e não como produto pirata. A ilegalidade estaria na ação dos hackers e no uso indevido do receptor.
Para o advogado Marcos Bitelli, que assessora programadores estrangeiros, não há dúvida de que tanto fabricantes quanto usuários podem ser processados por pirataria.
No pacote de programação da TV Telefônica Digital há canais de televisão abertos, e a lei brasileira do direito autoral protege as emissões dos radiodifusores. Também o Código Brasileiro de Telecomunicações, segundo Bitelli, qualifica como crime a interceptação de sinais de telecomunicações, o que abrange os sinais de transmissão da TV paga.
O diretor da Globosat, Alberto Pecegueiro, disse confiar em que a Telefônica e a Nagravision encontrem um antídoto. “”Para cada gênio que desenvolve um sistema de segurança, há outro que descobre um meio de quebrá-lo. O importante é as operadoras reagirem logo.” http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi1512200806.htm

Comércio ambulante da Santa Ifigênia, em SP, já oferece receptor de satélite
Inicialmente vendidos pela internet, os receptores AzBox, que desbloqueiam os canais de TV via satélite dos pacotes da Telefônica, NET e Sky, já podem ser vistos na Santa Ifigênia, principal pólo comercial de equipamentos de tecnologia do país localizado no centro de São Paulo.
Na semana passada, a Folha circulou por todas as lojas da rua Santa Ifigênia, espinha dorsal da região, especializadas em equipamentos de imagem, antenas e receptores de satélites, como o GPS. Apenas uma, situada dentro de um shopping entre a avenida Duque de Caxias e a rua dos Gusmões, tinha o AzBox Evo, o mais sofisticado dos três modelos “importados” da Coréia disponíveis no Brasil. Preço: R$ 700 parcelados em dez vezes no cartão. Até o dia 20 para os pagamentos à vista, o preço cai para R$ 550.
Os aparelhos só são encontrados com facilidade entre os vendedores ambulantes, que exibem softwares piratas ao longo de toda a rua Santa Ifigênia, em bancas móveis. Entre eles, o preço varia de R$ 700 a R$ 800, cerca de R$ 100 acima da média da internet. A diferença é a margem de lucro do comércio no mundo real.
Os fornecedores das lojas “reais”, em geral, são os mesmos do mundo virtual. Os dois principais são o AzboxBrasil, que distribui os produtos a partir de Santos, e o AzboxWorld, com sede em Joinville, Santa Catarina. Ambos fazem vendas pela internet e a entrega ocorre via Correios sem cobrança de frete, na maioria dos casos. Detalhe: há emissão de nota fiscal e o aparelho vem com garantia.
O AzBox chegou à Santa Ifigênia a partir de 20 de outubro, segundo o lojista que recebe os produtos de Santos. Ele costuma vendê-lo com uma antena Zirok, que custa R$ 135. Mas a antena da Sky pode ser aproveitada. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi1512200808.htm

Pirataria no Rio alcança 1 milhão de assinantes
Em nenhum outro Estado a pirataria na televisão por assinatura atingiu os níveis do Rio de Janeiro. Calcula-se em até 1 milhão o número de assinantes de sistemas piratas em todo o Estado, contra 749 mil assinantes das operações autorizadas. Existem operações clandestinas em favelas, na periferia das cidades e até em bairros de classe média.
Há pelo menos uma operação clandestina por favela e, nas maiores, coexistem várias pequenas operadoras. Só na capital, segundo o Instituto Pereira Passos, da prefeitura, existem 740 favelas.
A população deu apelidos jocosos para os sistemas clandestinos. Quando a programação é captada de satélite, o serviço é chamado de “”Sky miau”. Se o conteúdo é obtido de TVs a cabo, vira “”TV a gato” ou “”gatonet”. A clonagem dos cartões inteligentes dos receptores de TV paga, outra forma de pirataria, virou “”chupa cabra”.
As operações informais nasceram para melhorar a qualidade recepção dos canais abertos. Ainda restam 32 delas no Rio, que só oferecem canais de TV abertos, mas estão diminuindo a cada ano (em 2005, eram 60) porque não têm como competir com o cardápio variado das piratas. Há pelo menos cinco anos, a Net Serviços busca uma forma de legalizar e fazer parcerias com essas operações, que se expandiram das favelas para o asfalto.
A primeira tentativa de atuação da Net em favelas foi na Rocinha, com a criação da TV Roc, do argentino Dante Quinterno. Ele ficou de implantar e operar a rede de cabos na favela, e a Net, de fornecer a programação. Quinterno deixou de pagar o combinado alegando que surgiram concorrentes piratas na favela. Em 2005, a Net fez uma segunda tentativa. Assinou contrato com uma pequena operadora da Vila das Canoas, uma comunidade pobre, mas sem tráfico de drogas, da zona sul. Mas o contrato só admite a transmissão de canais abertos.
Por que as operadoras legalizadas não levam seus serviços às favelas cariocas? Em primeiro lugar, porque grande parte das operações clandestinas é administrada por milícias ou por grupos vinculados ao tráfico de drogas. O segundo motivo é o custo. O pacote básico da Net -que tem canais abertos, mais National Geographic, Globo News, Universal Channel, Discovery Kids e Multishow- custa R$ 49,90 por mês no Rio.
Os sistemas clandestinos oferecem cardápio variado, com canais SporTV, HBO e Telecine, além dos canais adultos (eróticos) por R$ 30 mensais.
O governo do Estado do Rio de Janeiro propôs à Net um projeto para legalizar a TV a cabo em favelas onde as milícias ou o tráfico de drogas foi desalojado pela polícia. A Net se comprometeu a levar seus sinais até a favela e a fornecer seu pacote básico por R$ 30 por mês. A associação de moradores local, presidida pelo tenente Wolney de Paula, ficou encarregada de instalar os cabos nas casas dos assinantes e fazer a cobrança do serviço.
A experiência está mais difícil do que o previsto. O tenente Wolney foi ameaçado pela milícia que explorava o serviço antes de ser desalojada. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi1512200809.htm

Notícia de ação de hackers afeta Telefônica
A notícia sobre a violação do sistema de proteção do acesso aos canais pagos da TV da Telefônica surge no momento em que o grupo espanhol lança uma nova empresa, a Media Network Internacional, para fornecer infra-estrutura e serviços a outras empresas que queiram oferecer televisão por assinatura via satélite.
A Oi/Telemar já anunciou que contratará a infra-estrutura da Telefônica para lançar seu sistema de TV paga via satélite no início do ano que vem.
A informação sobre a ação dos hackers afeta a empresa, na medida em que o sucesso do novo negócio depende da confiabilidade de seus sistemas.
Por isso, a Telefônica antecipou-se em anunciar que irá contratar um segundo sistema para segurança -provavelmente da NDS, que atende a Sky- que irá funcionar como um reforço ao da Nagra. Ou seja, ela vai ter dois sistemas de segurança paralelos.
A coincidência entre o lançamento da nova empresa e o vazamento da informação sobre a ação dos hackers é vista com suspeita por setores da Telefônica. Eles afirmam que desconfiam de que a divulgação possa ter partido dos concorrentes do mercado de TV paga. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi1512200810.htm

Frase
“Para cada gênio que desenvolve um sistema de segurança, há outro que descobre um meio de quebrá-lo. O importante é as operadoras reagirem logo”. ALBERTO PECEGUEIRO – diretor da Globosat http://www1.folha.uol.com.br/fsp/dinheiro/fi1512200807.htm


LISTA
A diretoria da RedeTV! fez uma pesquisa com grupos de discussão na emissora para avaliar a programação. O público reclamou do excesso de fofoca e de merchandising e considerou que os programas têm qualidade “amadora”.
O público sugere que a RedeTV! invista mais em filmes e que diminua a exibição de programas ligados a igrejas. Sobre o “Superpop”, de Luciana Gimenez, rechaçaram a participação de Ronaldo Esper. Sugeriram que ele seja substituído por Monique Evans ou David Brazil. Mônica Pimentel, superintendente artística da Rede TV!, diz que a pesquisa apontou como “pontos positivos a linha jornalística, programas de variedades e de auditório” e que os telespectadores disseram que a emissora “está crescendo muito, [que é] divertida e que está mudando para melhor”.

PEDIDO DE NATAL
A ouvidoria da SPTuris recebeu um e-mail de “Lais, oito anos”. A criança sugere que o órgão municipal interfira no desfecho de “A Favorita”. “Quero dar uma sugestão: que o Gonçalo [Mauro Mendonça] não morra, senão vai ficar chata a novela. [Queria que] a Flora [Patrícia Pillar] ficasse presa e que morresse na cadeia [para] todo mundo descobrir que a “dona Tela” [Cláudia Raia] não é assassina… bjs [a coluna corrigiu os erros de grafia].”
A SPTuris encaminhou o e-mail para a TV Globo. Em vão. O Gonçalo morreu. http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq1512200806.htm


Quase falida, Irene virará sócia dos operários da Fontini
A Fontini correrá o risco de falir depois que Flora (Patricia Pillar) der um golpe milionário fazendo uma fusão entre a empresa e a americana WPaper, que, ninguém sabe, mas está falida. O dinheiro da venda irá diretamente para a conta de Flora.
Isso acontecerá com o apoio de Irene (Glória Menezes), que não dará ouvidos a Lara (Mariana Ximenes), nem a Halley (Cauã Reymond), que, a pedido de Lara, implorará para que o negócio não seja fechado.
Quando souber de toda a verdade, Irene também vai ter que lidar com os fatos: a Fontini estará à beira da falência e ela não terá recursos para manter os operários. A solução será um novo modelo de gestão: os operários se transformarão em sócios da empresa e com isso seus salários serão reduzidos. Aos poucos, ela reerguerá o negócio.
Resta saber o que acopntecerá com os milhões de Flora no fim da história.


Marcos Pasquim: making of de campanha publicitária
Garoto-propaganda de uma marca de tênis, Marcos Pasquim também vai estrelar a campanha publicitária do produto. Vejas as fotos da gravação dos comericias. O ator não pára quieto um minuto, pula, corre, bem ao estilo dos seus personagens na TV.


Lara visita seu cativeiro e descobre que avô tomava remédios falsos
Com o sumiço do DVD com as imagens do assassinato de Salvatore (Walmor Chagas) – que vai parar nas mãos de Silveirinha (Ary Fontoura) – novas provas surgirão para encurralar Flora (Patricia Pillar).
Zé Bob (Carmo Dalla Vecchia) vai encontrar o dono da casa em que Lara (Mariana Ximenes) ficou presa durante o seqüestro. Lara visitará o cativeiro com Donatela (Claudia Raia), Cassiano (Thiago Rodrigues), Halley (Cauã Reymond) e o jornalista e ficará horrorizada ao confirmar que Flora foi mesmo a responsável por seu seqüestro.
Depois, o resultado de um exame de laboratório mostrará que os remédios de Gonçalo (Mauro Mendonça) eram feitos de farinha. Lara mostrará esse resultado à avó, Irene (Glória Menezes).


Sportv transmite prêmio ao som da bossa nova
Roberto Menescal e Marcos Valle serão algumas das atrações musicais que se apresentarão no “Prêmio Brasil Olímpico 2008”, que o Sportv transmitirá a partir das 19h30m da próxima terça-feira, dia 16. Com direção musical de Sérgio Cabral pai, a festa do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) fará uma homenagem aos 50 anos da bossa nova.


Adriana Garambone e Augusto Vargas no mar de Búzios
Amigos inseparáveis, a atriz Adriana Garambone e o ator Augusto Vargas, que interpreta o personagem Cassiano, em “Os mutantes”, da Record, foram a Búzios, a convite da revista “Tam nas Nuvens”.


Gianecchini: ‘Quero conquistar novas amizades, reconquistar antigas’
O ator Reynaldo Gianecchini posou para a capa da revista “Fórmula”, da academia de ginástica que acaba de ser comprada pela A!Body Tech. Na entrevista, o galã, que pode ser visto no cinema como veio ao mundo em “Entre lençóis”, conta que fazer novela é algo desgastante, que em 2009 quer voltar a morar em São Paulo e também quer “conquistar novas amizades”.
“Eu pedi um tempo para a Globo. Estou querendo me preocupar mais com outras coisas. Eu também tenho muita vontade de conseguir uns dias livres para ler mais, estudar mais e para retomar a minha vida aqui em São Paulo. Eu fiquei ausente por um tempão. Quero conquistar novas amizades, reconquistar as antigas”, diz o ator.


Emanuelle Araújo: ‘Para ser feliz, Manu tem que acabar rica’
Nos próximos capítulos de ‘A favorita’, Manu (Emanuelle Araújo) ela vai comer o pão que Flora (Patrícia Pillar) amassou. Ela vai morar com Dodi (Murilo Benício) numa favela, depois que o malandro tiver seus dólares roubados pelo próprio pai, Sabiá (Lúcio Mauro).
Manu tem o caráter duvidoso, mas Emanuelle defende sua personagem. A atriz e cantora da banda Moinha diz que a moça não é má pessoa, é “só um pouco egoísta”. Ela revela ainda que quer que a garota de programa tenha um final feliz. E, para que ela seja feliz, é preciso que acabe rica.
– Ela é carente – defente. – E pensa muito em dinheiro, então se deixassem ela acabar com uma grana, tenho certeza de que a Manu ficaria no canto dela sem fazer mal a ninguém. Eu vejo que o público gosta dela.


Galã joga pólo
Rodrigo Lombardi está aprendendo a jogar pólo para viver Raj. Seu personagem em “Caminho das Índias” é dedicado ao esporte. Os treinos no interior de São Paulo foram registrados pelo “Video Show” e vão ao ar amanhã.


‘A cena da morte do Gonçalo está entre as melhores da TV brasileira’
Ary Fontoura, o Silveirinha de “A favorita”, é categórico: a cena da morte de Gonçalo (Mauro Mendonça), ontem, “está entre as melhores da TV brasileira”. Ele conta que fazê-la deu uma “grande trabalheira” aos atores envolvidos, mas que o resultado foi “altamente compensador”.
– A cena da Patricia (Pillar) com o Mauro (Medonça) está entre as melhores já realizadas na TV brasileira. É bom ver os colegas brilhando. Não só os atores como tambem o autor, equipe técnica, figurinistas, direção, iluminadores, contra-regras, direção de arte, que abraçaram com paixão a novela. Estou entusiasmado – conta o ator, que também é um dos feras da história de João Emanuel Carneiro.


Rodeio é cenário de reality da TV americana
A TV americana vai lançar em janeiro um reality ambientado num rodeio. O programa, gravado numa fazenda no estado do Wyoming, se chamará “Toughest cowboy” e terá doze participantes. Eles disputarão provas diversas, montarão com e sem sela e mostrarão suas habilidades montando touros. A cada semana, uma eliminação. São oito episódios. A série é resultado de uma parceria entre a produtora Mark Burnett Prods. e a AEG Entertainment. Informação do Variety (www.variety.com)

Comercial ri da rainha
O macaco-símbolo da inglesa PG Tips é a estrela de um comercial de Natal que acaba de estrear na TV inglesa. No filminho, o macaco encarna a rainha e, de tanto brindar com champanhe, acaba mais pra lá do que pra cá. Veja no http://www.guardian.co.uk/media/video/2008/dec/15/pg-tips-monkey
http://oglobo.globo.com/cultura/kogut/


CONTROLE REMOTO
Patrícia Kogut

Laranja e Acerola para o mundo
As quatro temporadas de “Cidade dos homens” já foram vendidas para 20 países (Alemanha, Austrália, Dinamarca, Equador, Escócia, Estados Unidos, Finlândia, França, Grécia, Inglaterra, Irlanda, Israel, Itália, Japão, México, Moçambique, Noruega, Portugal, Suécia e Venezuela). O programa também faz sucesso na Escandinávia.

Outro game
“All star athletic games” — formato da Fremantle — é o quadro que o “Domingão do Faustão” vai adaptar.
O programa é produzido pela Fuji, do Japão, e uma das apostas para o ano que vem. O formato foi negociado junto com o “De cara no muro”, que já está no ar e faz sucesso.

Nadar
Maitê Proença passará o fim de ano em Ibitipoca. Ela vai para a fazenda onde fraturou cinco vértebras numa queda de cavalo. A atriz ainda não teve alta total. Por enquanto só pode nadar

Do bem
Bete Mendes voltará ao ar na novela “Caras & bocas”, de Walcyr Carrasco, que terá direção de Jorge Fernando. Ela será Perpétua, dona de um bar e querida por todos.

Tudo em cima
No ar em “Pantanal” como Juma, Cristiana Oliveira será a exuberante e sensual Zuleica em “Paraíso”, de Benedito Ruy Barbosa. Prova de que o tempo não passou para ela

As Jades
Desde o lançamento no mercado internacional em 2002, “O clone” foi exibido quatro vezes na Argentina. E em Moçambique, há uma geração de meninas batizadas de Jade por causa da novela

Sem Fome
Estrelas de “Caminho das Índias”, Juliana Paes e Márcio Garcia têm um encontro marcado com os moradores da Rocinha. Dia 21, acontece a 8aedição do Natal Rocinha Sem Fome. Eles são padrinhos.

CAROLINA Dieckmann e Paulo Vilhena gravaram na Prainha a cena de “Três irmãs” em que seus personagens, Suzana e Eros, se reconciliam. Ela vai se declarar para o surfista

NOTA 10
Para o quadro “Cadeia de favores”, que estreou no “CQC”. É uma espécie de círculo virtuoso de boas ações. Uma idéia simples e nada piegas. Um acerto do “CQC”.

NOTA 0
Para a Rede TV!, que interrompeu sua programação para explorar a morte de Marcelo Silva. Parecia que o mundo tinha acabado e que o canal dava a única e definitiva notícia. http://www2.oglobodigital.com.br/flip/?idEdicao…kogut&origem=

Morte a Flora
Na chegada ao show da Madonna ontem no Maracanã, Claudia Raia, que interpreta a Donatella em “A favorita”, foi recebida pelo público aos gritos: “Donatella, mata a Flora!” Flora é a personagem má, que nem o AI-5, de Patrícia Pillar (que ontem brilhou, como sempre, no Faustão). http://www2.oglobodigital.com.br/flip/?idEdicao…celmo&origem=

Nova fase
Roberto Carlos, que cantou com a Beija-Flor em seu especial de final de ano, montará uma roda de pagode à beira da piscina, no seu próximo cruzeiro anual. http://www2.oglobodigital.com.br/flip/?idEdicao…20boa&origem=


CANAL 1
Flávio Ricco

Questão de reconhecimento
A Globo, durante a semana passada, publicou anúncios em página inteira destacando os excelentes resultados alcançados pelo “Domingão do Faustão”. São números que impressionam.
Em março próximo, este programa completa 20 anos de existência, sem qualquer interrupção – todo domingo no ar, liderando a audiência e com todos os seus espaços comerciais ocupados.
Tem, como sempre teve, uma representação importante no faturamento da emissora. Não existe nada parecido na televisão brasileira, atendendo de maneira bem igual o que dele se espera. Alegria do Artístico e Comercial. Os anúncios publicados aparecem como prova deste reconhecimento.

De leve
Na semana passada, o “É o amor”, da Patrícia Maldonado, alcançou resultados de audiência superiores aos do “CQC”, hoje considerado carro-chefe da programação da Bandeirantes.

Oportuno
Importante esta colocação, porque entre tantas contratações feitas pela Band, principalmente neste último ano, Patrícia Maldonado é, até agora, a que deu mais certo e sem provocar o mesmo impacto que outras nos cofres da emissora.

Cartilha
Dona Íris Abravanel está chegando agora como autora de novelas e não tem obrigação de saber certas coisas. Mas o pessoal da sua retaguarda, sim. Num capítulo de “Revelação” da semana passada, Joyce Ribeiro, do jornalismo do SBT, apareceu apresentando um telejornal da novela. A notícia dizia respeito a um traficante. Tudo errado.

Regra número 1
Nunca se deve misturar ficção com realidade, principalmente num caso como aquele. Isto acaba com a credibilidade do jornalismo, se é que no SBT isto represente alguma preocupação.

Detalhe
Quem esperava de “Revelação” uma novela religiosa, se surpreende com a quantidade de nus em seus capítulos. Objetivo claro de alavancar a audiência.

Simples conseqüência
Na semana passada, aconteceu a esperada reunião do novo Artístico, Manoel Martins, com os autores de novelas da Globo. Importante que isto ocorra com mais freqüência. Essa troca de informações sempre será benéfica pra quem está chegando agora, além de evitar a repetição de enganos, como “Três Irmãs”.

Ponto 1
Os resultados negativos da dramaturgia do SBT e a conseqüente reprise de “Pantanal” – que ainda rende bons índices à emissora – fizeram surgir notícias sobre uma suposta negociação entre Silvio Santos e Jayme Monjardim. Num de seus programas, inclusive, o dono do SBT se referiu ao diretor como “Bomjardim”.

Ponto 2
Monjardim não viu problemas na reprise de “Pantanal”. Na verdade, até a incentivou. Sobre a questão do convite, afirma que nunca foi procurado por Silvio Santos, nem teve qualquer conversa com ele. O seu contrato com a Globo vai até dezembro 2009 e não há dúvidas de que será renovado.

Parceria
Ainda a propósito disso, o autor Manoel Carlos declarou à coluna que a dupla de “Maysa”, ele e o Monjardim, se repetirá em breve, na novela que substituirá “Caminho das Índias”, da Glória Perez.

Negócios
Márcia Marba, irmã da Angélica e empresária de Grazi Massafera, também vai administrar a carreira da gaúcha Larissa Maciel, protagonista da minissérie “Maysa”. A atriz, que está envolvida na série há quase um ano, teve seu contrato renovado com a Globo.

Bate–Rebate

…Piada interna do Projac: por que em todos os projetos do Luiz Fernando Carvalho têm sempre alguém que anda torto?
…“Capitu” também foi assim. Tudo meio curvadinho.
…A Globo tem e alardeia seu compromisso com a qualidade.
…Minisséries baseadas em trabalhos da nossa literatura devem ser incentivadas.
…Num País, onde o hábito pela leitura não existe, a televisão pode colaborar de maneira efetiva.
…Mas não da forma como Luiz Fernando Carvalho vem fazendo.
…Agora, com “Capitu”, ele não teve a sensibilidade de buscar ou atrair a atenção do público.
…Ligar uma câmera e brincar de teatro não é fazer arte. Não é fazer tevê.
…Televisão não é só audiência. Mas também é audiência.
…Outros trabalhos no mesmo gênero devem ser produzidos.
…Mas colocando, entre os seus objetivos, o telespectador.
…“Capitu” foi mal, com estragos inclusive na sua própria equipe.

C´est fini

A Record inaugura hoje seu serviço de correspondência na África do Sul. Lá já está Luiz Fara Monteiro, que sempre trabalhou em Brasília e durante algum tempo apresentou o programa “Café com o Presidente”.

Um número: cerca de 600 pessoas estiveram envolvidas na preparação da minissérie “Maysa”, que a Globo vai estrear em 5 de janeiro. E é isso. Amanhã tem mais. Tchau!. http://www.tribuna.inf.br/canal1.asp


PAPO DE BOLA – PAPO DE MÍDIA
Edu Cesar

Os vencedores do “Prêmio PM 2008”
Nas duas últimas semanas, foram promovidas pelo PB duas votações simbólicas: a “Bela do Ano 2008”, da “24 Horas”, e o “Prêmio Papo de Mídia 2008”, desta coluna por vocês acessada. O resultado da “Bela do Ano 2008” podem conferir aqui – e adianto que são do esporte as vencedoras (é, deu empate). Aqui, vamos aos resultados finais do “Prêmio PM”, com os devidos cumprimentos aos vencedores:

Narrador de TV Aberta – Cléber Machado (Globo), 42,85%; Luís Roberto (Globo), 39,79%; e Galvão Bueno, 17,34%.

Comentarista de TV Aberta – Caio Ribeiro (Globo), 40,62%; Paulo Roberto Falcão (Globo), 37,5%; e Neto (Bandeirantes), 21,87%.

Repórter de TV Aberta – Fernando Fernandes (Bandeirantes), 42,10%; Mauro Naves (Globo), 33,68%; e Bruno Laurence (Globo), 24,21%.

Apresentador de TV Aberta – Glenda Kozlowski (Globo), 54,73%; Léo Batista (Globo), 30,52%; e Tino Marcos (Globo), 14,73%.

Programa de TV Aberta – “Globo Esporte”, 39,79%; “Esporte Espetacular” (Globo), 37,75%); e “Jogo Aberto” (Bandeirantes), 22,44%.

Equipe de TV Aberta – Globo, 44,91%; Esporte Interativo, 42,37%; e Bandeirantes, 12,71%.

Narrador de TV Paga – Milton Leite (Sportv), 63,63%; Luiz Carlos Jr. (Sportv), 19,31%; e Paulo Andrade (ESPN Brasil), 17,04%.

Comentarista de TV Paga – Paulo Vinícius Coelho (ESPN Brasil), 54,11%; Alex Escobar (Sportv), 28,23%; e Maurício Noriega (Sportv), 17,64%.

Repórter de TV Paga – André Plihal (ESPN Brasil), 49,39%; André Kfouri (ESPN Brasil), 28,91%; e Marco Aurélio Souza (Sportv), 21,68%.

Apresentador de TV Paga – Paulo Soares (ESPN Brasil), 45,23%; João Carlos Albuquerque (ESPN Brasil), 36,90%; e Marcelo Barreto (Sportv), 17,85%.

Programa de TV Paga – “Arena Sportv”, 36,90%; “Linha de Passe” (ESPN Brasil), 32,14%; e “Sportscenter” (ESPN Brasil), 30,95%.

Equipe de TV Paga – Canais ESPN, 50%; Sportv/PFC, 45,23%; e BandSports, 4,76%.

Narrador de Rádio de SP – José Silvério (Bandeirantes), 58,33%; Oscar Ulisses (Globo), 29,16%; e Reinaldo Costa (Eldorado/ESPN), 12,5%.

Comentarista de Rádio de SP – Mauro Beting (Bandeirantes), 53,33%; Paulo Calçade (Eldorado/ESPN), 28%; e Flávio Prado (Jovem Pan), 18,66%.

Repórter de Rádio de SP – Wanderley Nogueira (Jovem Pan), 52,11%; Alexandre Praetzel (Bandeirantes), 26,76%; e Carlos Cereto (Globo), 21,12%.

Plantão de Rádio de SP – Sérgio Patrick (Bandeirantes), 49,27%; Vander Luiz (Jovem Pan), 27,53%; e Marcelo Di Lallo (Eldorado/ESPN), 23,18%.

Apresentador de Rádio de SP – Milton Neves (Bandeirantes), 42,02%; Juca Kfouri (CBN), 31,88%; e Flávio Gomes (Eldorado/ESPN), 26,08%.

Programa de Rádio de SP – “CBN Esporte Clube”, 40,29%; “Domingo Esportivo Bandeirantes”, 31,34%; e “Globo Esportivo”, 28,35%.

Equipe de Rádio de SP – Bandeirantes e Jovem Pan, 38,35%; e Eldorado/ESPN, 23,28%.

Narrador de Rádio do RJ – José Carlos Araújo (Globo), 55,76%; Evaldo José (CBN), 25%; e Luiz Penido (Tupi), 19,23%.

Comentarista de Rádio do RJ – Gérson (Globo), 57,14%; Washington Rodrigues (Tupi), 22,44%; e Luiz Mendes (Globo), 20,40%.

Repórter de Rádio do RJ – Gilson Ricardo (Globo), 37,5%; Cláudio Perrout (Globo), 28,57%; e Rafael Marques (Globo), 16,07%.

Plantão de Rádio do RJ – Carlos Eduardo Éboli (CBN), 54,34%; André Luiz (Globo), 34,78%; e Leandro Lacerda (CBN), 10,86%.

Apresentador de Rádio do RJ – Eraldo Leite (Globo), 48,88%; Gilson Ricardo (Globo), 31,11%; e José Carlos Araújo (Globo), 20%.

Programa de Rádio do RJ – “Panorama Esportivo” (Globo), 47,82%; “Enquanto a Bola Não Rola” (Globo), 28,26%; e “Globo Esportivo”, 23,91%.

Equipe de Rádio do RJ – Globo, 79,16%; Tupi, 12,5%; e Manchete, 8,33%.

Narrador de Rádio do RS – Pedro Ernesto Denardin (Gaúcha), 52,77%; Marco Antônio Pereira (Gaúcha), 30,55%; e Daniel Oliveira (Bandeirantes), 16,66%.

Comentarista de Rádio do RS – Ruy Carlos Ostermann (Gaúcha), 70,27%; Cláudio Cabral (Bandeirantes), 16,21%; e Nando Gross (Gaúcha), 13,51%.

Repórter de Rádio do RS – Sérgio Boaz (Gaúcha), 42,42%; Sérgio Couto (Bandeirantes), 30,30%; e Filipe Gamba (Bandeirantes), 27,27%.

Plantão de Rádio do RS – Cléber Grabauska (Gaúcha), 39,39%; Carlos Guimarães (Bandeirantes), 33,33%; e Paulo Pires (Bandeirantes), 27,27%.

Apresentador de Rádio do RS – Luiz Carlos Reche (Guaíba), 60,60%; Sílvio Benfica (Gaúcha), 24,24%; e Ribeiro Neto (Bandeirantes), 15,15%.

Programa de Rádio do RS – “Na Geral” (Bandeirantes), 50%; “Band Esporte Show” (Bandeirantes), 33,33%; e “Hoje nos Esportes” (Gaúcha), 16,66%.

Equipe de Rádio do RS – Gaúcha, 61,76%; Bandeirantes, 29,41%; e Guaíba, 8,82%.

Narrador de Rádio de MG – Willy Gonser (Itatiaia), 44,11%; Osvaldo Reis (Globo), 32,35%; e Alberto Rodrigues (Itatiaia), 23,52%.

Comentarista de Rádio de MG – Mário Marra (Globo), 59,52%; Lélio Gustavo (Itatiaia), 26,19%; e Maurílio Costa (Itatiaia), 14,28%.

Repórter de Rádio de MG – Thiago Reis (Itatiaia), 53,33%; Álvaro Damião (Itatiaia) e Artur Morais (Itatiaia), 23,33%.

Plantão de Rádio de MG – Marco Antônio Bruck (Itatiaia), pelas menções ainda na primeira fase.

Equipe de Rádio de MG – Itatiaia, 68,75%; e Globo, 31,25%.

Repórter de Jornal/Revista – André Rizek (Placar), 54,16%; Ricardo Perrone (Folha de S.Paulo), 23,61%; e Cosme Rímoli (ex-Jornal da Tarde), 22,22%.

Colunista de Jornal/Revista – Juca Kfouri (Folha de S.Paulo), 40,74%; Paulo Vinícius Coelho (Folha de S.Paulo), 33,33%; e Tostão (Folha de S.Paulo), 25,92%.

Publicação de Jornal/Revista – Lance!, 49,38%; Placar, 34,56%; e Trivela, 16,04%.

Site Esportivo – GloboEsporte.com, 68,29%; ESPN Brasil e Gazeta Esportiva, 15,85%.

Blog Esportivo – Blog do Juca (Kfouri), 47,56%; Blog do PVC (Paulo Vinícius Coelho), 26,82%; e Jogo Aberto (Lédio Carmona), 25,60%.

Jornalista Esportivo do Ano – Tadeu Schmidt (TV Globo), 45,45%; Paulo Vinícius Coelho (ESPN Brasil e Folha de S.Paulo), 31,81%; e Mauro Beting (Rádio Bandeirantes, BandSports, TV Esporte Interativo e Lance!), 22,72%.

Parabéns a todos pelas menções, seja os finalistas em suas categorias ou os mencionados na primeira fase. Espero que, de alguma forma, o “Prêmio PM” ajude a valorizar o bom jornalismo esportivo do Brasil com estes destaques aos melhores da temporada. Sempre pode se aprimorar neste ou naquele ponto, mas no cômputo geral ficou dentro do que eu esperava, não em termos de vencedores, mas em termos de condução da votação (para a qual, não nego, o sistema do WordPress ajudou demais a calhar, sobretudo na checagem dos IPs dos votantes, ajudando a evitar a aprovação de votos duplicados por IP). No próximo ano haverá mais, espero que podendo divulgar bem melhor para mais do que “apenas” cerca de 120 leitores – número que já é ótimo – participar. E parabéns a todos os ganhadores!

Enquete – Resultado da enquete da semana passada: 65,91% (58 votos) não pretendem comprar algum Estadual em PPV em 2009; já 34,09% (30 votos) pretendem. Novas enquetes em 2009!

Sportv I – O Sportv2 mudou a grade em cima da hora e exibiu ao vivo a rodada final do Torneo Apertura, com o já programado Boca Juniors x Colón – com direito a João Guilherme e Manolo Epelbaum aparecendo na tela, num estúdio do canal, sentados em sofás, o que é raríssimo nas transmissões em estúdio. Um detalhe ótimo da geradora argentina foi que, na parte baixa direita do vídeo, tinha os GCs do placar dos outros três jogos envolvendo os candidatos ao título. Insisto: é uma sacada que todos os nossos canais deveriam explorar em casos assim nos campeonatos nacionais.

Sportv II – Da série “dois pesos e duas medidas”: neste fim de semana, os eventos das áreas da RBS (finais do futsal em RS e SC, mais o Brasileiro Sub-20) foram transmitidos pelas respectivas equipes, mas o mesmo não ocorreu na final do Nacional de Basquete (tubada do Rio, ao invés de feita in loco no interior paulista ou pelo time local do Sportv ou, se fosse o caso, pelo pessoal da EPTV) e nem na final da Copa Feminina do Brasil (ao invés de Rembrandt Jr. in loco, narrou Eusébio Resende do estúdio, apenas com o repórter Rodrigo Raposo na Ilha do Retiro).

Concorrentes – Faz uma semana que o futebol brasileiro entrou em férias, mas hoje à noite ainda tem “Bem, Amigos!” e “Linha de Passe” ao vivo. Quero só ver com quais assuntos para preencher as quase três horas de duração dos dois programas…

Jorge Kajuru – Deu na coluna de Regina Rito em O Dia que ele sofreu uma derrota na Justiça. A juíza Veleda Suzette S. Carvalho, da 18ª Vara Cível do Rio de Janeiro, determinou a penhora e leilão dos veículos em nome do apresentador do SBT, para pagamento da dívida da ação movida por Luciana Gimenez, a quem ele chamou de “burra” no “Boa Noite Brasil”, da Band, em 2004.

“Momento Lá Vem a Noiva Toda de Branco” – Caio Ribeiro, “Prêmio PM” de melhor comentarista de TV aberta em 2008, casou no sábado com a empresária Renata Leite, em cerimônia chiquetérrima na qual pés rapados como este que vos tecla seria barrado a 500 metros de distância (eh, eh, eh). Por uma foto dos dois que achei na página da revista Quem, a Renata pode ser uma “Bela do Dia” potencial pra 2009.

TVCOM – Acompanhei a reprise da final do Mundial de 1983 (Grêmio x Hamburgo) na emissora paga da RBS – paga mesmo, pois desta vez o sinal UHF na Grande PoA não foi liberado a exemplo do que ocorreu na reprise da final da Libertadores (Grêmio x Peñarol). De largada, um defeito técnico colocou por cerca de dois minutos o áudio da transmissão da Rede Globo, com Galvão Bueno e Márcio Guedes. Depois apenas é que entrou o áudio da transmissão da TV Gaúcha, com Celestino Valenzuela e João Nassif. Deu para atestar que as duas coberturas foram dos estúdios. A destacar como curiosidade, nos trechos finais da partida, a geração da TV do Japão filmar Paulo Sant’Ana ao lado do banco gremista. No apito final, Celestino anunciava a circulação de uma Zero Hora extra sobre a partida e chamava um link ao vivo com o repórter João Bosco Vaz direto da av. Érico Veríssimo, onde os gremistas comemoravam a conquista. http://www.papodebola.com.br/papodemidia/coluna/plantaodeferias.htm


ZAPPING
Fabíola Reipert

Patricia Pillar dá trabalho no Projac
Comenta-se no Projac que Patricia Pillar é a mais perfeccionista nas gravações. Tudo tem de ser do jeito que ela quer. Não pode ter um fio de cabelo fora do lugar em cena. Fora da Globo, a atriz anda com seguranças e evita falar com jornalistas e fãs. Outro dia, em uma festa, uma assessora disse que Patricia não iria falar porque tinha de guardar a voz para gravar a novela.

Parecidas
Maitê Proença está irritada com a semelhança física de Graziela Moretto com ela, na novela “Três Irmãs”, da Globo.

Tom
A atriz reclamou nos bastidores do Projac que a atriz está com o mesmo corte e tom de cabelo que o dela.

Agora sim
Miguel Falabella comentou com amigos que agora está gostando da atuação de Grazi Massafera em sua novela, “Negócio da China”. Acha que pelo menos carisma ela tem.

Inspiração
Na vida real, Arlete Salles tem se inspirando no visual de Copélia, sua personagem no “Toma Lá Dá Cá”, da Globo. Outro dia, Arlete usava meia arrastão e salto plataforma de acrílico. Alguém perguntou se estava vindo da gravação. Ela ficou brava e não respondeu.

Ciumeira
Apresentadores do SBT estão chateados porque Silvio Santos só dá entrevista ao “Pânico”, da Rede TV!. http://www1.folha.uol.com.br/agora/zapping/za1512200801.htm


OLÁ!
Odair Del Pozzo

Brad Pitt aparece na internet com cicatriz
Acabou o mistério: a tão comentada cicatriz no pescoço de Brad Pitt, necessária para viver o soldado judeu Aldo Raine, no filme “Inglorious Bastards” (“Bastardos sem Glória”), de Quentin Tarantino, foi fotografada, vazou dos estúdios e foi parar na internet. A imagem foi feita na Alemanha, onde o longa é rodado. Trata-se da história de lutadores anônimos, daí o nome do filme, que acabam fazendo a glória de outros. É a vida.

Aleluia, aleluia
Adriane Galisteu e Alexandre Iódice vão passar o Réveillon a sós, na África. Dona Ema, mãe dela, vai ficar na praia do Forte, em Salvador. “Mas eu fico com minha mãe no Natal, viajo e ela continua lá”, explica Galisteu. Ah, bom, agora sim.

Lente da história
O canal E!, do grupo HBO, está finalizando o especial “Conexão Brasil”, sobre a bossa nova. Entre os convidados, Jairzinho Oliveira, Roberto Menescal e Helô Pinheiro. O programa, claro, será exportado. Parabéns.

Mais bossa
Outro cineasta que está fazendo um filme sobre a bossa nova é Carlo Mossy. Danilo Caymmi e Miúcha já filmaram. Vamos conferir.

Muito brilho
A exuberante Paola Oliveira usará a fantasia mais luxuosa da Grande Rio. O custo dela, aliás, não foi revelado. Em ótima fase, Paola é a nova garota-propaganda da Morana Acessórios. Parabéns.

Ai, gente
O axé evangélico “Pó Pará com o Pó”, da cantora Jake, sucesso no YouTube e nas “micaretas do Senhor”, já está sendo chamado de “Melô do Fábio Assunção”.

Espanta-saia
Aécio Neves é tão assediado pela mulherada em eventos que, ao que consta, tem gente em sua equipe fazendo as vezes de… espanta-saia, para mantê-las longe do governador. Faz sentido.

Soltando faísca
Se Lula fez mesmo a tal da cirurgia para curar a vermelhidão de seus olhos, não deu resultado. Vermelhinhos… http://www1.folha.uol.com.br/agora/ola/ol1512200801.htm


Acerto de contas
Novela A Favorita: Flora e Donatela se encontram dia 4
Depois de matar o querido Gonçalo (Mauro Mendonça), o cruel João Emanuel Carneiro já prepara o reencontro entre a vilã Flora (Patrícia Pillar) e Donatela (Cláudia Raia) em A Favorita. “O dia é 4 janeiro”, adianta ele ao Estado.
É um embate que promete ser mais arrepiante do que o primeiro encontro das duas – aquela cena noturna no Viaduto do Chá, logo no começo da trama. Ali, o público ainda não sabia que Flora era a vilã e Donatela, a mocinha – dava até uma dozinha ver a usurpadora carregando sacolas de supermercado.
Em ritmo frenético, com muitas novidades a cada capítulo, a novela se encaminha para o final, no dia 17 de janeiro. Até o encontro do dia 4 com sua opositora, Flora vai enganar Irene (Glória Menezes) por mais um tempo e a vovó, mesmo viúva, ainda demora a perceber que é a pata da vez.
“A Flora ainda vai dar um golpe na empresa e comprar o rancho”, diz João Emanuel. “Não tenho o ?quem matou?? nem o ?quem vai ficar com quem??, então, o final da novela será o acerto de contas entre a Flora e a Donatela. Elas se encontram no dia 4, mas o grande acerto será no final mesmo.” http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/2008121…_imp293983,0.php?

Os dreadlocks de Bentinho
Apresentado ao grande público na semana passada, como o jovem Bentinho de Capitu, César Cardadeiro volta à tela da Globo no dia 30 no especial Aline. Contracena aí com Maria Flor, que faz a personagem-título, nascida nos quadrinhos de Adão Iturrusgarai. http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/2008121…t_imp293984,0.php

Entre-linhas

A Record planeja a contratação de 50 profissionais para dar conta da transmissão dos Jogos Olímpicos de Vancouver (2010), do Pan (2011) e de Londres (2012). O setor de esportes da casa foi dizimado há dois anos, quando a emissora deixou de dividir o futebol com a Globo.

Cauby Peixoto, Beth Carvalho e Maria Rita estão entre as grifes do universo musical convidadas para a festa de lançamento da minissérie Maysa, amanhã, no Copacabana Palace.

Luciana Braga deu show na novela Negócio da China, na seqüência em que sua personagem, Denise, fica sabendo que perdeu o bebê que esperava.

Heitor Martinez diz ter se inspirado no Curinga de Heath Ledger, de Batman – O Cavaleiro das Trevas, para viver um inspetor de polícia criminoso na série A Lei e o Crime, da Record.

A Globo lançou o DVD com 36 episódios da série A Grande Família, desde a estréia, em 2001, a 2006. A caixa, com seis discos, sai a R$ 79,90.

Gabriela Duarte não quer mais contracenar com a mãe, Regina. O relato é da atriz Ingrid Guimarães, que a entrevistou para a próxima edição da revista TPM. Nas bancas, quarta-feira.

A AllTV, canal de TV na web, foi premiada na categoria Segurança e Educação no Trânsito pela Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas) pela reportagem Batalha no Céu, Morte na Terra, sobre o drama do cerol. http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/2008121…t_imp293985,0.php


Emissora pede libertação de jornalista que atirou sapatos em Bush
O canal de televisão “Al-Baghdadia”, com sede no Cairo, pediu hoje às autoridades iraquianas a libertação do jornalista Muntazer al-Zaidi, que foi detido no domingo após atirar os sapatos no presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, em entrevista coletiva em Bagdá.
“O comitê diretor do canal ”Al-Baghdadia” exige às autoridades a libertação imediata de Zaidi, de acordo com a linha de liberdade de expressão e democracia prometida pelo novo regime iraquiano”, indicou o canal em comunicado lido diante das câmeras.
O apresentador acrescentou que a “”Al-Baghdadia” considera as autoridades americanas e iraquianas responsáveis por qualquer medida contra Zaidi, que caso seja adotada, será uma lembrança da conduta seguida durante a era do ditador (Saddam Hussein), caracterizada pela violência, as detenções indiscriminadas e as valas comuns”.
O canal pediu aos veículos de comunicação árabes e internacionais para mostrarem solidariedade para com o jornalista iraquiano.
Zaidi, de 27 anos, atirou os dois sapatos contra Bush durante uma entrevista coletiva conjunta oferecida pelo presidente dos Estados Unidos junto ao primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, após a ratificação de um acordo de segurança bilateral que estipula a retirada das tropas americanas do Iraque até 2012.
Antes de lançar os dois sapatos – Bush conseguiu desviar de um e o outro errou o alvo -, o repórter gritou: “Este é o beijo de despedida, cão”.
Após o incidente, os guardas de segurança detiveram o agressor e o tiraram da sala. http://odia.terra.com.br/mundo/htm/emissora_ped…m_bush_218650.asp


Madonna incendeia o Maracanã
Diva escorrega e cai no palco, mas continua com todo gás. Público de 70 mil ovaciona o espetáculo

FILMES

Mulher-Gato
SBT, 14h45; livre. (Catwoman). EUA, 2004, 104 min. Direção: Pitof. Com Halle Berry, Sharon Stone, Benjamin Bratt, Lambert Wilson.
Pitof, diretor do cult francês “Vidocq”, faz uma das piores adaptações de quadrinhos de todos os tempos. A história, mais bemcontada, ainda que perifericamente, no ótimo “Batman – O Retorno”, fala sobre a secretária que se transforma na “heroína” (com aspas) justiceira. O que machuca é ver duas das belas mulheres de Hollywood, Halle Berry e Sharon Stone, e ótimas atrizes, submetidas a tal atrocidade.

O Guardião – Em Busca da Lança Sagrada
Globo, 16h05; classificação indicativa não informada. (The Librarian – The Quest for the Spear). EUA, 2004, 92 min. Direção: Peter Winther. Com Noah Wyle, Sonya Walger, Bob Newhart, Kyle MacLachlan.
O McGuffin, aqui, é uma lança sagrada de que um dos três fragmentos é roubado. Na qualidade de guardião do artefato, Flynn Carsen (Wyle) sai em viagem ao lado de Nicole (Walger) pela América do Sul. O McGuffin, para Hitchcock, era algo que interessava muito aos protagonistas do filme, mas nada a nós, espectadores: era apenas a isca a partir da qual se desenvolvia uma aventura e um raciocínio. Aqui, claro, a isca é o princípio e o fim das coisas. Feito para TV. Inédito.

Procurando Nemo
Globo, 22h15; classificação indicativa não informada. (Finding Nemo). EUA, 2003, 100 min. Direção: Andrew Stanton.
Um peixinho é seqüestrado e levado para outra parte do mundo. Em vista disso, seu pai é tomado de brios e parte em busca do filho. Stanton dirige esta animação escrita por ele próprio em que tudo tem a ver com proteção paterna (ou materna, pela referência à água), e não é por acaso que as crianças adoram esse enredo angustiante, que também satisfaz aos adultos pela gravidade. Animação muito bem achada. Inédito.

Mulheres do Brasil
Globo, 2h10; classificação indicativa não informada. Brasil, 2006. Direção: Malu de Martino. Com Dira Paes, Camila Pitanga, Bete Coelho, Ana Beatriz Nogueira.
Cinco histórias de mulheres brasileiras, vivendo em várias cidades do país, metrópoles (Rio, São Paulo) ou nem tanto. Desse mosaico de histórias e personagens diferentes e em variados tons busca-se dizer algo sobre a alma feminina do país. O filme passou em branco, o que não é necessariamente culpa dele. Inédito. (INÁCIO ARAUJO) http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq1512200802.htm

ESPORTE

16:00 – Futebol, Campeonato Brasileiro Sub-20: Goiás x Juventude – SPORTV
18:30 – Surfe, WCT: etapa de Pipeline – SPORTV2
20:00 – Basquete, Nacional Feminino: Americana x Ourinhos (final, jogo 3) – SPORTV2
21:00 – Futebol, Campeonato Brasileiro Sub-20: Internacional x Portuguesa – TVCOM (RS)
23:30 – Futebol Americano, NFL: Philadelphia Eagles x Cleveland Browns – ESPN http://www.papodebola.com.br/papodemidia/coluna/plantaodeferias.htm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: