Doug esta de volta na TV Cultura

 

Está de volta à Tv Cultura um dos maiores sucessos de sua história e um dos desenhos mais carismáticos de todos os tempos: DOUG

Mas só a fase Nickelodeon, exibida pela Cultura e que está de volta, que realmente é boa. A fase Disney perdeu uma “coisa mágica” que o desenho tinha. Felizmente a magia está de volta com essa nova exibição na Cultura.

O desenho chegava a marcar 08 pontos de audiência, sendo de longe a maior audiência do canal, quando era exibido às 8 da noite.
DOUG teve duas fases, uma da Nickelodeon e outra da Disney. A que está de volta na Cultura é a fase Nickelodeon, a mesma que já foi exibida na emissora e também na Band, no programa Pic Nick Band (com a mesma dublagem clássica dos tempos da Cultura). A versão Disney foi exibida apenas pelo SBT.
DOUG começou na Nickelodeon, sendo produzido entre 1991 e 1994, foram 52 episódios (duas histórias de 11 minutos por episódio).
A Disney comprou o programa e o produziu entre 1996 e 1999, sendo mais 65 episódios (uma história de uns 20 minutos por episódio). Mas são muito ruins. A Disney mudou várias coisas e o resultado foi realmente ruim. De bom só a irmã caçula de Doug, a Motoneta, que é uma graçinha. Mas houve muitas mudanças negativas. As roupas de quase todos os personagens mudaram, o Roger ficou rico, todos mudaram de escola, as mangas da camisa de Doug ficaram bem maiores (pode parecer besteira, mas fez diferença).
Estreia A partir de segunda-feira, dia 6 de abril De segunda a sexta às 14h30

A série se passa na cidade de Bluffington, para onde Doug e sua família se mudaram, saindo de Bloatsburg. A animação mostra a vida e as imaginações do personagem título, um estudante chamado Doug Funnie. Ao lado de Doug, estão seu cachorro Costelinha, os amigos Skeeter Valentine e Patti Maionese, além do encrenqueiro Roger Klotz, o valentão da escola. A maioria dos episódios começa com Doug escrevendo no seu diário os fatos mais recentes de sua vida, e o episódio exibido acaba por ser um flashback (lembrança) de Doug, que narra os eventos.

A irmã mais velha de Doug, Judy, é uma fonte constante de conflito. Ela é uma atriz dramática que sempre usa roupa roxa e óculos escuros, até mesmo dentro de casa. A existência de Doug é praticamente ignorada por ela, já que os interesses dele são infantis, aos olhos dela.

A imaginação de Doug reage a várias situações de sua vida, o ajudando a superar seus medos. Em um episódio, temendo uma visita ao dentista, ele imagina ser um agente secreto ao estilo James Bond, fazendo menção à cena do laser em Goldfinger.

Alguns episódios mostram a versão super herói de Doug, o Homem Codorna. Doug fantasia que é o Homem Codorna, imaginando versões ao estilo quadrinhos dos fatos que vão acontecendo. O Homem Codorna usa um cinto ao redor da cabeça e uma cueca por cima da calça. O seu cachorrinho Costelinha vira o Cãodorna.

Skeeter também possui um personagem no estilo, o Mosquito Prateado (uma paródia do Surfista Prateado da Marvel Comics). Sua banda favorita é Os Beets, outra paródia, dessa vez com Os Beatlles.

Outro tema recorrente da série é o amor de Doug por Patti. Alguns episódios são focados inteiramente nisso, mostrando tentativas de Doug para se aproximar de Patti, ou de tentar evitar que ela descubra seus sentimentos em relação a ela. Geralmente, esses episódios têm um desfecho mostrando uma esperança otimista para Doug.

Preste atenção na abertura… depois que o Doug acende a luz, o Costelinha sempre apronta alguma coisa diferente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: