outubro 11, 2009
Publicado em 11/10/09, 10:39

 

Priscila Sol, a Paixão de “Viver a Vida”, encara seu destaque sem glamour

Quem vê a cara de menina de Priscila Sol, a Paixão de “Viver a Vida”, não imagina que a paulistana tem 29 anos e é mãe do pequeno Vitor, de 6. Mas basta conversar alguns minutos com a bela moça para perceber que de menina ela só tem o rosto. A intérprete da estagiária que é apaixonada platonicamente por Jorge, vivido por Mateus Solano, é para lá de madura. Tanto que começou a atuar para sustentar o filho. “Chegou um momento da minha vida em que pensei: qual é a única coisa que realmente sei fazer? Atuar…”, lembra ela, que, antes de dar o ar da graça na trama das oito da Globo, já tinha encarnado a problemática Renée em “Água na Boca”, da Band.


A atriz Priscila Sol, que interpreta a Paixão da novela “Viver a Vida”

Apesar de só ter começado a ganhar dinheiro como atriz depois que se tornou mãe, não é de hoje que Priscila se dedica às artes cênicas. Muito falante, ela lembra que seu interesse pela interpretação surgiu ainda pequena. “Sempre fui muito exibida. Fazia de tudo para chamar a atenção do meu pai e da minha mãe”, conta, às gargalhadas. Embora adorasse aparecer, Priscila garante que nunca pensou em fazer televisão. Tanto que, quando se decidiu pela carreira, se inscreveu no Teatro Escola Macunaíma, em São Paulo. “Mas, como só tinha 13 anos, era aluna ouvinte”, observa.

Depois de estudar por mais cinco anos no Macunaíma, Priscila não se deu por satisfeita. Aos 18, arrumou as malas e foi fazer intercâmbio na Nova Zelândia, país em que se matriculou em um curso especializado em cinema, teatro e tevê. Quando voltou para o Brasil, porém, em vez de mergulhar nos palcos, ela foi trabalhar no curso de teatro Em Cena. “Lá trabalhei na cantina, no caixa, na recepção… E aproveitava para fazer de graça os cursos com os diretores de tevê famosos que apareciam, como o Maurício Farias, o Dennis Carvalho…”, enumera.

Foi em uma dessas aulas que ela se viu “tentada” a investir na carreira de atriz. “Todo mundo falava que eu levava o maior jeito, mas eu me boicotava. Não sabia se era isso mesmo que queria para a minha vida”, recorda ela que, com o tempo, mudou de ideia. “Aí fui atrás. Entrei em uma agência de publicidade e fiz 42 comerciais”, contabiliza ela, que, por aparentar ter bem menos do que 29 anos, fez inúmeras propagandas em que aparecia como uma menina de 14.

A transição da publicidade para a televisão e o cinema veio de forma curiosa. Ao levar o filho para fazer um teste para um comercial de uma grande empresa de laticínios, a atriz acabou sendo vista pela produtora de elenco Valéria Zopello, que ficou encantada com seu perfil. Ela disse que Priscila tinha a cara de uma personagem de “O Magnata” e a chamou para fazer um teste para o filme. Despretensiosamente, ela fez e, não só ganhou o papel no longa como, logo em seguida, foi convidada pela Band para estrear em novelas. “Eu e a Rosanne tivemos uma química tão boa no filme que acho que só me convidaram para fazer a Renée, a irmã dela em ‘Água Na Boca’, por causa disso”, entrega, referindo-se à atriz Rosanne Mulholland que, no filme, interpretou a jovem Dri e, na novela, a protagonista Danielle Cassoulet.

A estreia na Band rendeu ótimos frutos para Priscila. Não é à toa que em sua segunda experiência na tevê ela já interpreta um papel de destaque em uma trama das oito da Globo. Apesar de saber que está em uma produção de muita visibilidade, ela confessa que procura analisar a oportunidade sem glamour. E ainda se diverte com o fato de ser homônima de uma atriz pornô do Paraná. “Qualquer pessoa ficaria encanada com isso. Mas não ligo. Quase nunca fiz nada para
divulgar meu trabalho”, admite, garantindo que tenta agir o mais normal possível. “Vou ao banco, saio desleixada na rua. Encaro como uma profissão como outra qualquer”, garante. Por enquanto, ela prefere “viver o momento” e deixar a apaixonada personagem ir nascendo aos poucos. “Estou deixando a Paixão fluir de acordo com o que o Mateus me dá. E está sendo ótimo”, conta.

Extremos

O simples fato de a Globo estar economizando chamadas de “Cama de gato”, indica que a novela não preocupa.

Quanto à nova aposta de domingo, “Norma”, com Denise Fraga, não deve ter vida longa.

Na verdade, já sentindo a falta de “fôlego”, a própria Globo se encarregou de informar que não havia uma duração definida para o programa.

Boa escolha

A direção de jornalismo da Record foi muito feliz na escolha de Carla Cecato e Roberta Piza para o comando do “Fala Brasil”. Dupla entrosada.
O telejornal, exibido nas manhãs da emissora, incomoda a concorrência: constantemente aparece em primeiro lugar no Ibope.

Bate bola

“Go”, formato da Endemol adquirido pela Bandeirantes, já foi produzido em 4 países:
Argentina, Geórgia, Romênia e Espanha.

Já o “Big Brother”, também Endemol, alcançou nada menos que 40 paises.
A Globo, aliás, já está às voltas com os trabalhos de produção da décima temporada desse reality show. Estreia em janeiro.
Em tempo: nos últimos cinco anos a Endemol criou uma média de 300 formatos por ano. Claro que nem todos fazem sucesso.

Belinha

Embora sua audiência esteja aquém do desejado pela cúpula da emissora, “Bela a Feia” pode se tornar em breve um sucesso comercial. Em parceria com diversas empresas, a Record tem lançado produtos com a marca da novela. Já estão nas bancas fotocards e a revista semanal. Em novembro, chega ao mercado a goma de mascar pela General Brands e a “Belinha”, boneca que será produzida pela Estrela


RedeTV! chega à bela Palmas!!!!

outubro 11, 2009

RedeTV! chega à bela Palmas!!!!

No ano 2000, a Globo (TV Anhanguera) ocupava o canal 11 VHF e o SBT (TV Real) o canal 05 VHF. No dia 11 de outubro deste ano a Globo (TV Rio Formoso) migrou para o canal 24 UHF e o entrou no ar a TV Jovem Palmas (SBT) no canal 11 VHF, com isso o canal 05 ficou vago e em 28 do mesmo mês entrou neste canal a RedeTV! ainda com o nome de TV Real, mas pouco depois passou a se chamar TV Cristal, com o passar do tempo o sinal da emissora que já não era bom ficou pior e em abril de 2007 o canal 05 passou a ser da RBTV quando o sinal foi melhorado.

Agora a RedeTV! volta ao ar pelo canal 53 UHF, através da RedeTV Tocantins!


outubro 11, 2009
Publicado em 11/10/09, 09:30

 

“Zapping” por Alberto Pereira Jr. – Folha OnLine

Reynaldo Gianecchini e Mariana Ximenes serão vilões em novela

Mariana Ximenes e Reynaldo Gianecchini formarão a dupla de vilões de “Passione”, substituta de “Viver a Vida”, em maio de 2010, na Globo. Segundo Silvio de Abreu, a escolha dos atores, que sempre viveram papéis de mocinhos, foi intencional. “Eu os escolhi justamente porque nunca fizeram personagens negativos e acredito que será ótimo para eles como atores e também uma novidade para o públi­co”. Na história, Gianecchini será filho de Vera Holtz, uma feirante, e cometerá crimes motivado por vingança. Já Mariana viverá uma mulher ambiciosa. Recentemente, o galã recusou o papel de vilão gay na minissérie “Cinquentinha” (Globo), de Aguinaldo Silva.

Padroeira

Devoto de Nossa Senhora Aparecida, Gugu não deve realizar, hoje, sua tradicional homenagem à padroeira, em seu programa na Record.

Canteiro

Cerca de 450 funcionários trabalham dia e noite na obra da sede da Rede TV!, em Osasco.

Canteiro 2

A inauguração será em 13 de novembro. Lula deve ir.

Manos

A Galeria do Rock vai virar Galeria dos Mano, na próxima novela da Globo, “Bom Dia, Frankenstein”. Leonardo Medeiros e Jairo Mattos terão lojas de disco por lá.

Mudança?

A Record está de olho em Mel Lisboa. A atriz, contratada pela Globo, disse que está conversando com a emissora. “É apenas uma negociação.”

Insinuação

Boninho escreveu em seu Twitter frase sugerindo que o próximo ganhador de “No Limite” participará do “BBB”.


outubro 11, 2009
Publicado em 11/10/09, 09:10

 

Domingo, 11 de outubro

Coluna Flávio Ricco – Colaboração José Carlos Nery em “UOL Televisão”

Autora de “Cama de Gato” esclarece coincidência com “A Gata Comeu”

Há, na própria Globo, quem tenha observado coincidências envolvendo o personagem de Ailton Graça, Tião, em “Cama de Gato”, com um outro, Oscar, de “A Gata Comeu”, de Ivani Ribeiro, exibida na mesma emissora entre abril e outubro de 1985. Tião é um malandro que finge ser doente e é sustentado pela ex-mulher, no caso, Camila Pitanga. O filho descobre a enganação e que ele não é doente coisa nenhuma.


O personagem Tião, interpretado por Ailton Graça na novela “Cama de Gato”

Em “A Gata Comeu”, Luís Carlos Arutin era o malandro Oscar e Dirce Migliaccio fazia sua mulher, Conceição, os dois atores já falecidos. A filha do casal, Ivete, Nina de Pádua, e quem descobre as sem-vergonhices do pai. A situação é a mesma, só que o casal de Ivani não era separado.

Esta coluna levou a questão para Thelma Guedes, que divide o texto da atual novela das 6 com Duca Rachid. Resposta da autora, com todas as letras:

“Este tipo de personagem, do marido malandro, que se encosta na mulher – no nosso caso, ex-mulher, é recorrente na (tele)dramaturgia. Podemos pesquisar e elencar um monte deles. Aliás, na vida real é ainda mais recorrente.

Uma das principais inspirações pra criarmos a personagem da Rose, foi uma pesquisa da série “Pnad 2007: “Primeiras Análises”, que aborda os temas população, família e gênero”.

A autora dá mais detalhes: “os resultados da pesquisa indicaram “exaustivas” jornadas de trabalho remunerado e não-remunerado para as mulheres.

O Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), responsável pelo estudo, aponta que a proporção de famílias chefiadas por mulheres passou de 24,9%, em 1997, para 33%, em 2007, o que representa um total de 19,5 milhões de famílias brasileiras em que a mulher é o principal responsável. No mesmo período, as famílias formadas por casais com filhos e chefiadas por mulheres também passaram de 600 mil para quase 3,3 milhões”.

E conclui: “Este personagem do marido encostado cabia muito bem na trama da Rose. E era mais uma dificuldade pra ela poder se relacionar com o Gustavo (Marcos Palmeira). E você vai ver que esta ‘gag’ do cara que se faz de doente não vai durar nada. O Tião é um aproveitador e passa a ser uma ameaça real pra Rose e Gustavo”.

Assunto colocado, assunto esclarecido.

O culpado

Foi Marcelo Rezende, hoje na Bandeirantes, o primeiro a colocar Geraldo Luiz na televisão aberta de rede.

Isso aconteceu quando ele estava na Rede TV! e apresentava o programa “Repórter Cidadão”.

Geraldo Luiz, na ocasião, ainda trabalhava no rádio de Americana, São Paulo.

Engenhoca

Na Rede TV!, mais precisamente em sua nova sede, em Osasco (SP), as obras não param, no entanto a redação do jornalismo é a que está mais atrasada.

Por lá, estão desenvolvendo uma bancada que gira, algo – à primeira vista estranhíssimo – com um sistema de molas que ergue a bancada.

O sistema pneumático fica preso no solo.

Empolgada

“Este ano eu ganhei um presente na minha profissão. De repente fui convidada pelo Canal Brasil para fazer um programa de entrevistas… e melhor ainda, entrevistas sobre cinema, que é a minha grande paixão!!” – a declaração é de Guilhermina Guinle, que estreia dia 23 como apresentadora na série “Credicard Destino Brasil Cinema”.

Na proposta, entrevistas com 100 importantes diretores, produtores, montadores e grupos de jovens cineastas.

No ar, todas as sextas-feiras, às 21h, até o dia 15 de janeiro de 2010.

Desafio


Wolf Maya

Wolf Maya, diretor de “Cinquentinha”, minissérie de Aguinaldo Silva que estreia em dezembro na Globo, tem pela frente o desafio de tentar convencer o telespectador que se trata de uma obra inédita.

O problema é que atores desse elenco são os mesmos de outras novelas da dupla. Fica com cheiro de reprise.

E isso preocupa a direção da emissora, uma vez que “Cinquentinha” é uma de suas principais apostas para dezembro.

Alívio


Renata como Nazaré

Vale até uma historinha de bastidor: quando Renata Sorrah comunicou oficialmente que não iria mais integrar o elenco de “Cinquentinha”, para priorizar o seu trabalho no cinema, houve até certa “comemoração” na Globo.

Tudo porque a reprise de “Senhora do Destino” alcançava índices surpreendentes.

E a ideia de outra dobradinha Sorrah-Suzana Vieira incomodava a direção da emissora. Essa, porém, foi possível evitar, mas porque a iniciativa de se afastar partiu da própria atriz.

Empenhada

A equipe de “Bom Dia Frankenstein”, novela que substituirá “Caras & Bocas”, não se cansa de elogiar o profissionalismo de Grazi Massafera.

Grazi, convidada para ser a vilã da história, é uma unanimidade na produção. Não é à toa que a atriz recebeu tantos elogios de Miguel Falabella, assim que terminaram as gravações de “Negócio da China”.

A propósito de Grazi Massafera, ela não abandonou o projeto de fazer cinema lá fora. Quer, antes, dominar o inglês.

Uma festa

Não é só a Bandeirantes, com Daniela Cicarelli, que vai apostar nos veículos automotores.

Record e SBT também preparam quadros que envolvem sorteios de carros e outros do gênero.

É aquela do Chacrinha: nada se cria…

Fora, jurássicos

Ana Hickmann torce para que a Record exiba filmes inéditos nas tardes de domingo.

As reprises estão atrapalhando a performance de audiência do “Tudo É Possível”.

C’est fini

Ex-integrante do grupo mexicano RBD, a cantora mexicana Anahí, agora em carreira solo, vai se apresentar no Brasil. Ela incluiu a cidade de São Paulo na turnê promocional do disco, já batizada de “Mi Delirio World Tour”. Anahí estará dia 3 de novembro no Arena HSBC.

Evidente que haverá uma corrida das emissoras de TV, mais precisamente Record e SBT, para gravar com a artista, que já foi estrela da novela “Rebelde”.

Então é isso. Amanhã tem mais. Tchau!


“Tribunal da TV” será apresentado diariamente

outubro 11, 2009

“Tribunal da TV” será apresentado diariamente

O programa de Marcelo Rezende, na Band, também está encaminhado. O formato é aquele mesmo, o de um tribunal, e já tem até projeto de cenário e título.

“Tribunal da TV” será um programa diário, que vai entrar todas as tardes, com pouco mais de uma hora de duração. Estreia na segunda metade de novembro.


BOMBA: CNT vem com tudo (NOVIDADES)

outubro 9, 2009

A Rede CNT está apostando alto em novidades para a sua programação em outubro. Depois de anunciar um novo horário de novelas para as tardes (com A Usurpadora), a emissora já divulgou o nome e dia das novas atrações.
Malandro Na TV, será apresentado por Sérgio Mallandro, às terças, quintas e sábados no horário das 22:30hs.
Já, RBD La Familia será exibido todos os sábados às 21hs, a partir de novembro.
Para finalizar, em dezembro, Noite Gospel com Aline Barros.
Concerteza as novidades não vão parar por aí!!!